De repente, no meio da reunião, ele alegou outro compromisso e se despediu, saindo para destino ignorado acompanhado de apenas sete dos seus mais próximos colaboradores.

Os que ficaram começaram imediatamente a cochichar:

“Estes sete aí é que vão mandar no governo. E nós? O que vai sobrar pra nós?” – perguntavam-se aflitos, enquanto observavam a “ronda” de muitos outros personagens que, de última hora, colaram adesivos em seus carros e passavam vagarosamente (para serem vistos) pela agora congestionada travessinha Maria Clara.

Ratinho e seus sete homens tomaram o destino de Santa Felicidade para reunião reservada.