Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 08set

    BLOG DO ALUÍZIO AMORIM

     

    O DESABAFO DE FLÁVIO BOLSONARO: OS BASTIDORES DO JOGO POLÍTICO MAIS SÓRDIDO DA HISTÓRIA POLÍTICA DO BRASIL.

     

    Neste vídeo abaixo, Flávio Bolsonaro, um dos filhos do Presidenciável Jair Bolsonaro, faz uma análise dos últimos acontecimentos políticos que culminaram com o atentado contra seu pai.

    E tem razão quando desce o cacete na grande mídia e seus jornalistas, micos amestrados nos madraçais esquerdistas das escolas e universidades.

    Com mais de 40 anos de jornalismo endosso totalmente tudo o que Flávio Bolsonaro aventa nesse seu desabafo.

    Mas ainda assim, Flávio, que não é jornalista, não tem ideia do nível de estupidez que habita o cérebro dessa gentalha das redações. É claro que existem exceções mas são poucas, muito poucas. 

    Embora não seja versado na psiquiatria pois sou formado em Direito com Mestrado nessa disciplina e com uma passagem breve pelo magistério universitário, justamente o Jornalismo, intuo sem medo de errar que a maioria dos jornalistas tem um viés psicopático.

    Alguns, senão a maioria, precisam de alguma forma aparecer. Talvez por esta razão historicamente os salário pagos aos jornalistas sempre foram baixos.

    Há exceções, mas são poucas. Ao mesmo tempo exibem arrogância e posam de sabichões, arrotando suposto poder.

    Isto ocorre no mundo inteiro, haja vista o que aconteceu na campanha do Presidente Donald Trump, o que aliás continua ocorrendo.

    Dedicam-se a esgravatar a vida privada pregressa do líder norte-americano como fazem agora com Jair Bolsonaro. 

    E a regra geral é que a maioria dos jornalistas professa o credo comunista. Difícil encontrar no meio jornalístico profissionais de viés conservador.

    E aí é que reside um problema sério. Todos os eventos, todas as ocorrências no fluir da vida das sociedades humanas são sempre analisadas com base nas categorias da filosofia marxista, ainda que degeneradas, porque a maioria dos jornalistas, ao contrário do que supõem os leigos, deliram mais do que estudam.

    E, quando a burrice, a preguiça e a ignorância pretensiosa atuam de forma conjunta tem-se esse festival de besteiras avassalador.

    É por isso que o dito marxismo cultural logrou esse sucesso elevando à categoria de verdade absoluta os maiores disparates que estamos vendo e que fazem parte do dito “pensamento politicamente correto”.

    Os jornalistas, majoritariamente, seguem e difundem ad nauseam esse besteirol indecente e mentiroso.

    Não é à toa que o advogado desse criminoso que esfaqueou Jair Bolsonaro não perdeu tempo para criticar os ímpetos de ódio que seriam geradores do ato delituoso. 

    Para essa gentalha, o ódio e a intolerância ocorrem quando cidadãos de bem deploram e denunciam cenas com criancinhas perante nudismo de adultos ou ainda cartilhas escolares que estão mais para manuais de depravação.

    Aliás, fatos que o Presidenciável Jair Bolsonaro vem denunciando há anos e que finalmente passaram a integrar o rol de reivindicações da maioria da população brasileira.

    Todos esses fatos acabam se transformando em pautas das redações da grande mídia e os jornalistas transformam em notícias, análises e reportagens todo esse cipoal de indecência e degeneração que estraçalha o tecido social ao fomentar surtos de mal-estar entre as pessoas, desagregação social e, finalmente, a destruição da família que há muito tempo era considerada a “célula mater da sociedade”.

    Quando as regras morais e éticas são abandonadas em nome de uma suposta liberdade abre-se o caminho mais curto – aí sim – para todo o tipo de intolerância que é a antessala de todas as tiranias.

    Como convém aos comunistas, fascistas e nazistas que são verso e anverso da mesma medalha.

    É exatamente contra isso que o Presidenciável Jair Bolsonaro se levanta e é isso o mote principal de sua inaudita popularidade que os esquerdistas de todos os naipes não suportam.

    Decidiram então partir para as vias de fato.

    E isso acontece justamente quando a retaguarda ideológica do esquerdismo – a dita mainstream media e seus jornalistas lacaios dos comunistas – sofre o maior revés de sua história no mundo inteiro e fenece ante o efeito libertário da internet, das redes sociais, blogs e sites independentes.

    Ao final do vídeo, como podem notar, Flávio Bolsonaro não consegue conter um acesso de choro.

    Sim, é de chorar muito mesmo! 



    Publicado por jagostinho @ 11:36



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.