Foi um su a festa do 35.º aniversário do deputado Pedro Lupion, líder do governo Cida Borghetti na Assembleia Legislativa, comemorada neste sábado (16) na fazenda da família em Santo Antonio da Platina, Norte Pioneiro.

Houve discursos, aplausos, muita conversa ao pé do ouvido, rodinhas, fofocas… tudo, menos a confirmação de um boato surgido na véspera de que o momento festivo seria aproveitado para traçar a últimas estratégias para o possível anúncio nos próximos dias de que o funcionalismo público ganhará reposição salarial referente à inflação do ano.

Além de Cida, presente estava também o ex-governador Beto Richa, autor do congelamento dos salários, além de outros membros da política mandante do Paraná, como o deputado Ricardo Barros (marido de Cida e articulador da campanha de reeleição), o ex-secretário de Infra-Estrutura Pepe Richa, o deputado Alex Canziani, candidato a senador pelo PTB, e o ex-deputado Abelardo Lupion, pai do aniversariante e secretário de Infra-Infraestrutura

Quem teve olhos para observar notou que não vão bem as relações de amizade entre Beto Richa e Ricardo Barros.

Barros é responsabilizado por Beto pelas demissões de aliados que no início do governo Cida ainda mantinha cargos e status na máquina.

Fora notadas, por exemplo, a ausência entre as autoridades de Ezequias Moreira e Deonilson Roldo.