Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 09jun

    UCHO.INFO

     

    Desesperados, petistas recorrem à tecnologia e lançam candidatura holográfica do condenado Lula

     

    Como tem afirmado o UCHO.INFO nos últimos meses, o desespero que toma conta do PT é tamanho, que tem levado os “companheiros” a adotarem medidas esdrúxulas na tentativa de, mantendo o discurso da candidatura de Lula, evitar a desidratação definitiva do partido, que mais uma vez deverá tropeçar nas urnas de outubro próximo.

    Decidido a manter a estratégia de ter um candidato preso, o PT lança nesta sexta-feira, em Minas Gerais, a candidatura de Lula à Presidência da República, como se a Lei da Ficha Limpa nada valesse.

    O lançamento ocorreu horas depois de um discurso bizarro e delirante da presidente nacional da legenda, Gleisi Helena Hoffmann, no plenário do Senado Federal.

    O mote da pré-campanha do presidiário Lula é “Brasil feliz de novo”. Pois bem, os “camaradas” não poderiam ter escolhido lugar melhor para lançar candidatura impossível, principalmente porque Lula é apresentado por correligionários como a derradeira salvação do País.

    Minas Gerais está sob a batuta do petista Fernando Pimentel, investigado e processado por corrupção.

    Porém, o fato de Minas Gerais estar nas mãos do PT não é o problema maior. O Estado está quebrado e sem repassar os recursos devidos aos municípios, cujos prefeitos têm sinalizado com a possibilidade de greve.

    Ou seja, a solução que o PT guardava na cartola desapareceu.

    Pífio como governador, Fernando Pimentel – “companheiro de armas” da incompetente Dilma Rousseff – viu a violência explodir nos últimos dias a reboque de mais de uma centena de ônibus destruídos e incendiados.

    A ordem para o vandalismo partiu de dentro das prisões mineiras, onde facções criminosas estão incomodadas com a instalação de bloqueadores de celulares.

    Em Minas Gerais, onde o PT prometeu fazer uma revolução, foi necessária a intervenção da Justiça para que o Palácio da Liberdade, sede do governo, fosse desocupado.

    Policiais militares e bombeiros invadiram o prédio para protestar contra o atraso no pagamento de salários e pensões.

    O detalhe mais pitoresco nessa epopeia bandoleira é que no lançamento da própria candidatura o condenado Lula será representado por uma imagem holográfica, pois sair da cela VIP montada às pressas na Superintendência Polícia Federal em Curitiba só é possível no pensamento delirante dos petistas.

    Se por um lado a presença virtual de Lula no lançamento da candidatura é um fato marcado pelo devaneio, por outro mostra que a tecnologia está a avançar no campo da política.

    Pela primeira vez na história planetária surge em cena um candidato holográfico. Sendo assim, a “vaquinha virtual”, que até a meia-noite de quinta-feira (7) tinha arrecadado mais de R$ 100 mil, perde a razão de ser.

    Afinal, Lula, que sempre acreditou ser Deus, agora abusará da onipresença a custo zero.



    Publicado por jagostinho @ 15:17



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.