Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 16maio
    Delator Luiz Antonio de Souza quando da sua prisão em janeiro

    Delator Luiz Antonio de Souza quando da sua prisão em janeiro

    BLOG DE FÁBIO CAMPANA

    A nova trama da campanha contra Beto Richa

    Luiz Antonio de Souza, auditor fiscal, preso e acusado de particpar de um esquema de pedofilia e exploração sexual, flagrado em corrupção ativa no desvio de recursos do Estado, ao negociar os termos de sua delação premiada para amenizar as penas a que está sujeito e que podem deixá-lo o resto da vida na prisão decidiu envolver, mesmo que de forma indireta e difusa, a imagem do governdor em suas novas denúncias.

    Com essa folha corrida, logo se vê que Luiz Antonio de Souza é capaz de qualquer coisa para salvar o seu pelo. Para escapar do pior, ele contou ao Ministério Público uma história muito mal narrada e que agrada certos ouvintes porque procura atingir ninguém menos que o próprio governador Beto Richa, do PSDB.

    Disse ele que a campanha de reeleição do governador recebeu R$ 2 milhões de recursos desviados da Receita Estadual.

    O próprio Luiz Antonio de Souza admite que ficou com uma parte do total desviado. A ligação que faz entre seu ato espúrio e a campanha eleitoral do governador segue caminhos que carecem de melhor ficcionista para ser acreditada.

    Diz que recebeu ordem do inspetor-geral de fiscalização da Receita, Márcio Albuquerque de Lima.Este, por sua vez, teria recebido ordens de Luiz Abi Antoum, parente distante do governador, que a oposição quer fazer crer que era uma espécie de eminência parda do governo.

    O certo é que Luiz Antonio de Souza nunca esteve com o governador Beto Richa, nunca tratou de qualquer questão com o governador, não participou de qualquer atividade do comitê financeiro da campanha de reeleição de Beto Richa.

    Por que, então, ele se propõe a denunciar o governador narrando uma trama na qual ele se insere por via de terceiros?

    É o que veremos a seguir.

    Luiz Antônio de Souza tem duas razões muito fortes para fazer essa denúncia infundada. Primeiro porque precisa dissimular o que fez para aumentar seu patrimônio de forma escusa.

    Em segundo lugar, o mais grave. Gravíssimo. Ele tem vários processos e é investigado por pedofilia, crime inafiançável. E não quer apodrecer na prisão.

    Logo, se dispõe a servir a qualquer esquema, mesmo que isso signifique participar do “assassinato de reputação” que tentam os adversários do governador Beto Richa, derrotados nas eleições de 5 de outubro, e que desde então se articulam para desestabilizar o governo.

    Ora, pois, diante disso é inacreditável que esse depoimento seja levado à sério.

    Suspeito de aliciar meninas, auditor fiscal tinha vida de luxo em Londrina

    Casa em condomínio, empresas e carros de luxo. O patrimônio do auditor fiscal acusado de aliciar meninas em Londrina surpreendeu promotores e policiais.

    A investigação, até então motivada pela prisão do acusado em um motel, ganhou corpo quando agentes do Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) cumpriram mandados de busca e apreensão na residência de Luiz Antônio de Souza, localizada em um condomínio da zona sul da cidade.

    Foram apreendidos três veículos (Hyundai Santa Fé, Hyundai I30 e uma Mercedes Benz) e diversos objetos e produtos de luxo, como roupas, bolsas e relógios.

    O Ministério Público (MP) descobriu, ainda, que o auditor tem pelo menos três empresas na cidade, todas no nome de ‘laranjas’, e outros seis carros.

    “O patrimônio não é compatível à renda dele”, observou o promotor de Defesa do Patrimônio Público de Londrina, Renato de Lima Castro. Segundo ele, Souza ganha de R$ 20 mil a R$ 25 mil por mês como auditor da Receita Estadual.

    Esse é o homem que faz acusações.

    Alguém pode acreditar em suas denúncias contra pessoa com quem nunca se relacionou?

    Publicado por jagostinho @ 10:07



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.