Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 18mar

    UOL NOTÍCIAS

    Homem que passou por transplante de pênis já faz sexo com a namorada

    • Stellenbosch University

      Os médicos envolvidos na cirurgia de transplante de pênis: paciente sexualmente ativo

    • Os médicos envolvidos na cirurgia de transplante de pênis: paciente sexualmente ativo

    Um homem de 21 anos, que não foi identificado, recebeu o primeiro transplante bem sucedido de pênis e aceitou o órgão “como se fosse seu”, informaram médicos da Universidade Stellenbosch, na África do Sul.

    O jovem sul-africano já mantém relações sexuais com a namorada e o casal está “muito feliz”, disse um dos médicos a uma emissora local.

    “O paciente aceitou o pênis como se fosse seu”, afirmou Andre van der Merwe, chefe da divisão de urologia na Universidade Stellenbosch, que comandou a cirurgia no hospital Tygerberg, na Cidade do Cabo anunciada na última sexta-feira (13).

    “Ele está extremamente bem”, de acordo com o médico, tanto do ponto de vista físico quanto psicológico.

    A cirurgia, que durou nove horas, permitiu ao homem tornar-se sexualmente ativo. O pênis foi amputado durante uma cerimônia tradicional de circuncisão, que lhe deixou cerca de um centímetro do órgão.

    O órgão doado foi implantado em 11 de dezembro e desde então, o paciente mostrou sinais de boa recuperação, de acordo com os médicos.

    Em entrevista à emissora eNews Channel Africa (eNCA), Andre der Merwe disse que o paciente não encara o órgão doado como pertencente a outro homem.

    “Falando em termos cosméticos, conseguimos uma boa equiparação em termos de cor”, explicou.

    O mais importante, porém, é o desempenho do órgão doado e isso nem se discute, de acordo com relatos do paciente.

    “Transplantamos um pênis saudável normal e as ereções que o paciente está tendo são muito boas”, afirmou o médico.

    Na semana passada, ao reparar um pequeno buraco na uretra, os médicos conseguiram retirar o cateter que ajudava o paciente a urinar — o que provocou uma ereção durante a cirurgia.

    “Ficamos surpresos porque ficou claro que ele teve bons resultados após o transplante”.

    Em 2006, um paciente chinês submeteu-se a um transplante de pênis, mas os médicos tiveram de retirar o órgão após duas semanas, pois nem o homem e nem sua mulher conseguiam aceitar o novo elemento em sua relação.

    Já o paciente sul-africano e sua mulher estão lidando muito bem com o órgão. “Os efeitos psicológicos são enormes”, disse der Merwe em referência ao que classificou de uma cirurgia “muito difícil”.

    Os médicos oferecem terapia à namorada do rapaz, que dispensou a ajuda. “Estamos muito satisfeitos que tudo tenha corrido tão bem. O paciente está sexualmente ativo novamente e muito feliz”.

    Os médicos esperam que a divulgação do caso ajude a ampliar a quantidade de doadores, para que mais homens possam se beneficiar do transplante de pênis.

    Publicado por jagostinho @ 19:13



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.