Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 17mar

    UCHO.INFO

    Transformar corrupção em política de governo não é uma senhora, é uma jovem de 12 anos, diz Caiado

     

    corrupcao_16Líder do Democratas no Senado Federal, Ronaldo Caiado (GO) rebateu as afirmações da presidente Dilma Rousseff nesta segunda-feira (16).

    De acordo com o senador, a presidente tenta dividir a culpa pela crise política em seu governo com toda a sociedade, sendo que foi no governo do PT que ela foi institucionalizada e transformada em “política de governo”.

    “Ao dizer que a corrupção é uma ‘senhora idosa’ que não poupa ninguém, ela tenta desqualificar toda a sociedade como se aquilo que é o DNA político do PT fosse dominante no caráter e na postura de todos os brasileiros.

    A institucionalização da corrupção foi construída por Lula e continuada por Dilma. Transformar a corrupção em política de governo não é uma senhora não, presidente, é uma jovem de 12 anos”, afirmou.

    Ainda sobre as afirmações de Dilma, o democrata também comentou que a “humildade” pregada por seu governo após os protestos não durou sequer um dia.

    “É impossível tentar forjar humildade em uma pessoa que claramente não acredita nas manifestações de domingo e não se reconhece enquanto responsável pela atual situação do país”, comentou.

    Ajuste fiscal

    “O governo abusou de medidas eleitoreiras, como a pretensa redução na conta de luz e o preço artificial da gasolina como forma de dizer ao povo durante as eleições que economia ia muito bem e a inflação sob controle. Hoje, com a crise econômica muito agravada, a presidente não tem vergonha de dizer que seus recursos se esgotaram”, avaliou Caiado sobre as declarações da presidente em relação ao ajuste fiscal.

    Discurso X realidade

    Enquanto Dilma Rousseff, a presidente, afirma, por meio de seus interlocutores, que o governo vem fazendo a sua parte e que em breve lançará um plano de combate à corrupção, os partidos da base aliada continuam mergulhados nas negociatas e no dinheiro imundo que circunda o poder.

    Imaginar que a corrupção será combatida pelo governo mais corrupto da história nacional é o meso que acreditar que o traficante Fernandinho Beira-Mar pode ser dono de uma clínica de reabilitação para dependentes químicos.

    No momento em que faz tal afirmação, Dilma mais uma vez mente à parcela incauta da população, que desconhece como funciona a política e suas entranhas.

    Qualquer medida a ser adotada pelo governo para reverter a grave crise econômica depende de apoio político no Congresso Nacional, algo que o governo por enquanto não tem.

    E não tão cedo conseguirá, caso os palacianos insistam em manter a postura arrogante no trato com os parlamentares.

    Publicado por jagostinho @ 16:28



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.