Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 09mar

    PARANÁ PORTAL – PITI HAUER

                                                    

     
                                                       A data de 8 de Março criada em uma conferência na Dinamarca em 1919, em homenagem à uma manifestação ocorrida em 1857 em Nova York onde aproximadamente 130 mulheres tecelãs morreram carbonizadas, e que somente foi oficializada pela ONU em 1975 como o Dia Internacional da Mulher não deve ser vista apenas e somente como uma data comemorativa.
    É muito mais que isto… e o principal significado é a reflexão da discussão do papel da Mulher na sociedade em que vive, muito foi conquistado, mas a situação ainda está aquém da pretendida e a falta de informação sobre os efeitos danosos do álcool nas Mulheres devem ser cada vez mais propagados.
     
                                                       Na adolescência as meninas bebem mais que os meninos. O início do consumo do álcool entre mulheres é cada vez mais prematuro, muitas meninas começam a beber na brincadeira, por curiosidade, para fazer parte de um contexto social ou por aceitação, 74% de garotas entre 14 e 17 anos consomem álcool uma vez por semana, todas as semanas e o período na Universidade é onde ocorre o maior uso/abuso do álcool, podendo ocasionar, com este comportamento o alcoolismo ou a dependência ao álcool.
    A cerveja é a bebida alcoólica preferida das mulheres seguida pelo vinho,  há também o agravante no consumo de álcool misturado com benzodiazepínicos e anfetamínicos ou inibidores de apetite como a sibutramina e a anfepramona pelas mulheres, é uma bomba-relógio feminino ambulante com o cérebro próximo de colapsar.
     
                                                       Buscando as igualdades sociais as diferenças se acentuam no consumo do álcool. As mulheres são mais vulneráveis que os homens ao álcool, elas podem desenvolver o vício na metade do tempo dos homens e adoecem mais cedo e de forma mais grave, correm um risco maior de desenvolver cirrose e aquelas que bebem duas doses ou mais ao dia (uma dose = um copo de chopp ou 140 ml de vinho) têm 30% mais chances de desenvolver câncer de mama.
    Isto se deve a alguns fatores: 1) o álcool fica mais concentrado no sangue, pois as mulheres tem um volume menor de água no corpo; 2) a maior quantidade de gordura corporal também intensifica a concentração da substância no sangue; 3) a bebida é metabolizada mais lentamente por causa de uma menor concentração da enzima responsável pela oxidação do álcool, com isto a absorção do álcool é maior.
     
                                                        Muitas são as razões para o aumento do consumo de álcool entre as mulheres, uma delas é que, apesar das conquistas emancipatórias, as mulheres ainda vivem numa cultura de preconceitos, e no caso de uma dependência há uma carência de um serviço de tratamento feito por mulheres para as mulheres, somado a falta de apoio de seu parceiro e de como a sociedade enxergará o seu papel de Mãe e esposa.
    A pressão e o estresse da combinação entre o trabalho profissional e a responsabilidade da administração de seu Lar é outra causa para a ingerência do álcool e, muitas vezes, onde encontra o apoio que necessita para relaxar e se desligar por alguns instantes.
    Não obstante a relação do álcool e violência doméstica seja fator preponderante, o índice de 43% de mulheres brasileiras que sofreram algum tipo de agressão não tende a diminuir.
     
                                                       Simone de Beauvoir afirmava que as mulheres tem a possibilidade, a cada mês, de gerar no mínimo uma vida. 
    Mulheres constam nos livros e versos dos poetas, nas canções de grandes mestres, são inspiradoras, são divinais.
    Por elas guerras já começaram então evitem o consumo exagerado que vejam que o álcool não deve vir a se tornar uma doença mas, sim, uma fonte de bem-estar.

    Publicado por jagostinho @ 18:51



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.