Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 01mar

    DINHEIRO SOBRANDO

    CONGRESSO EM FOCO

    Veja quais são os benefícios a que os parlamentares têm direito. O valor é uma estimativa, pois varia conforme o uso integral ou não das verbas e o estado de origem de cada congressista.

    Como será em 2015

    Benefícios Custo mensal (R$) Custo anual (R$)
    Salário * 33.763,00 438.919,00
    Cotão (Ceap) ** 38.886 466.632
    Auxílio-moradia *** 4.272,99 51275,88
    Verba de gabinete **** 92.005 1104060
    Ajuda de custo ***** 1.406,79 16881,5
    Gastos com 1 deputado 170.333,97 2.077.768,38
    Gastos com 513 deputados 87.381.326,61 1.065.895.178,94

    Como era em 2014

    Benefícios Custo mensal (R$) Custo anual (R$)
    Salário * 26.700,00 347.100,00
    Cotão (Ceap) ** 35773,86 429.286
    Auxílio-moradia *** 3.800,00 45.600
    Verba de gabinete **** 78.000 936.000
    Ajuda de custo ***** 1.112,50 13350
    Gastos com 1 deputado 145.386,36 1.771.336,32
    Gastos com 513 deputados 74.583.202,68 908.695.532,16

     

    * Atualmente os parlamentares recebem, como os demais trabalhadores brasileiros, 13 salários anuais. Até 2013, eles recebiam 15 salários por ano.

    ** Verba a que os parlamentares têm direito para exercer o mandato, como aluguel de escritório e veículo, combustíveis, passagens, hospedagem e alimentação, entre outros gastos. Para a estimativa acima, foi considerado o valor médio do benefício, que varia de estado para estado.

    ***  Nem todos os deputados fazem uso desse benefício. Parte deles ocupa apartamentos-funcionais recentemente reformados pela Câmara. A manutenção desses imóveis também gera custos aos cofres públicos.

    **** Esse dinheiro não vai para a conta do parlamentar. Serve para ele contratar até 25 funcionários de sua confiança em Brasília e no estado de origem.

    ***** O valor se refere ao pagamento integral de dois salários extras aos parlamentares – um no primeiro mês da legislatura e outro no último mês da legislatura, ou seja, só é pago de quatro em quatro anos. Esse benefício substitui o 14º e o 15º salários, extintos em 2013.

    Publicado por jagostinho @ 16:25



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.