Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 14set

    [email protected] 

     Dra. Clair recebe do então vice-presidente José Alencar a medalha Mérito de Tamandaré, pelos serviços prestados a nação.

    Dra. Clair recebe do então vice-presidente José Alencar a medalha Mérito de Tamandaré, pelos serviços prestados a nação.

    1-     Quais serão as suas prioridades como deputada federal?

    >>>   Uma de nossas principais bandeiras é a defesa dos setores estratégicos brasileiros, entre eles, e talvez o principal, o petróleo.

    O recente “leilão” do Campo de Libra, entrega do petróleo brasileiro para estrangeiros a preço de banana, para fazer caixa para pagar juros e amortizações da Dívida, evidencia o total descontrole do atual modelo econômico.

    Estamos comprometendo o futuro de nossas gerações além do nosso potencial geopolítico e ambiental, sem nenhuma contrapartida social.

    Nenhuma porque a tal Dívida não foi criada pelo compromisso social, mas sim exclusivamente para beneficiar banqueiros.

    Pagamos um dos juros mais altos do mundo e cada aumento, por menor que seja, impacta diretamente na Dívida que, em sua maioria está ou na mão de bancos e capitais estrangeiros.

    Precisamos desmistificar a alardeada publicidade de que o Brasil “pagou” a Dívida. Muito pelo contrário, ela está explodindo e implodindo a Nação, chegando à cifra astronômica de R$ 3,3 trilhões de dólares. São dois bilhões por dia que sangram os cofres públicos.               

     

    2-      Como essa política econômica de juros altos e estagnação na produção está afetando o Estado do Paraná?

    >>>   O Paraná, como outros estados brasileiros, vive o regime centralizado dos recursos dos impostos enviados para o Governo Federal para que se realize o famigerado “superávit primário”, que nada mais é do que amealhar recursos para pagar agiotas e banqueiros.

    Apesar de sermos o quinto Estado de maior IDH-M do Brasil, e Curitiba o quarto maior IDH do país, sendo o quarto maior Orçamento, o que vemos é que a concentração de renda variou muito pouco, segundo o Índice de Gini, passando de 0,59 em 2000 e para 0,55 em 2010.

    Existem mais de 200 áreas de ocupação na capital. Os números, na verdade, apesar da melhora geral,  refletem a realidade brasileira de que ainda perdemos para o Azerbaijão em qualidade de vida, que ocupa o 76 posição e nós ocupamos a de 79.

    Mas o Paraná poderia ser muito diferente: somos um dos estados mais ricos da federação, e estamos pagando um preço ambiental muito alto, com  o sacrifício do envenenamento das terras para manter o modelo das exportações do agronegócio.

    Nossas cidades do interior não tem capacidade de agregar valor aos seus produtos primários, o que provoca o êxodo rural pela falta de empregos.

    Curitiba, por exemplo, está cercado por cidades dormitórios que não atendem as demandas de educação, saúde e habitação, o que pressiona os sistemas de bem estar social da capital.

    O aumento da violência tanto na Capital como nestas cidades dormitórios e no Estado, é o maior demonstrativo que vivemos um desmonte do tecido social.          

     

     3-      Quem a senhora está apoiando para presidente da República e por que? 

    >>>   Apoiamos MARINA  SILVA, pelo compromisso assumido junto ao nosso Partido Pátria Livre, de se estabelecer uma agenda de volta de crescimento econômico com responsabilidade ambiental. 

    Porque, infelizmente, é o meio ambiente que está mais pagando o preço de nosso “crescimento”. São os recursos minerais da Vale que vão escoando, é a privatização de nosso petróleo, é o desmatamento, é o envenenamento de nossas terras pelo agronegócios.

    Nossas empresas e industrias nacionais não tem chance de competição em nível internacional, porque não existe investimento em ciência e tecnologia, em infraestrutura, que está sendo toda privatizada.

    Tudo é privado, menos a Dívida. É importante lembrar que o cálculo do PIB leva em conta até mesmo o lucro dos bancos e mesmo assim, estamos com um crescimento pífio, levando-se em conta o crescimento vegetativo e o passivo ambiental, é até negativo. 

    E, afinal, crescemos para quem? É impossível qualquer modelo sustentável de crescimento quando destinamos 42% do Orçamento para pagarmos agiotas e banqueiros.    

    4-      Saúde e Educação públicas e de qualidade. Isto é possível?

    >>>   Se realizarmos uma Auditoria Pública da Dívida e mudarmos nossa lógica de  privilegiar a financeirização da economia, é possível. 

    Mesmo com os propalados avanços na educação, aplicamos apenas 3,49% do Orçamento nesta área.

    O Sistema de Ensino privado está sendo paulatinamente comprado por estrangeiros, que viram neste setor um grande maná, devido ao incentivo governamental a este setor, via financiamento público indireto e sem risco.

    Nosso setor de Ciência e Tecnologia conta com míseros 0,38% do Orçamento. A saúde, apesar dos valorosos trabalhadores do SUS, apesar de ser um sistema universalizado, o que é louvável,  recebe 4,1% do Orçamento.

    E aí, todos sabem a quantas anda os serviços públicos nesta área frente à demanda.  Comparem…os agiotas recebem 42%! E temos que estar atentos porque a lógica do capital que partir agora para abocanhar a Previdência Social, privatizar…   

     

    5-     O Paraná, assim como outros estados estão com baixa capacidade de investimento por conta das exigências do acordo da dívida, fechado na época de FHC e mantido até hoje. Como vê essa situação e quais as soluções?

    >>>   A Lei de Responsabilidade Fiscal tem um nome bonito. Quem não quer responsabilidade? Acontece que este mecanismo foi criado pelo sistema da Dívida para garantir o pagamento dos agiotas, engessando os Estados.

    É preciso avaliar o pacto federativo e pensarmos isso sim na “Lei de Responsabilidade Social”.

    Os Estados precisam aumentar sua capacidade de investimento e não andar com o “chapéu na mão” em busca das emendas parlamentares, que individualiza e personifica os recursos, mantendo a submissão do Legislativo ao Executivo.

    Uma moeda de troca dos governos de plantão.   

     

    6-      Fale sobre a situação da segurança pública. Principais problemas e soluções.

    >>>   Alguns teóricos tentaram, sem sucesso, separar a algumas décadas a questão da desigualdade social da violência.

    Existem exceções, mas em sua grande maioria, a violência está relacionada à desigualdade social do país, à impunidade, à falta de acesso de nossos jovens à cultura, à educação, ao lazer. Não há como fugir disso.

    Nas sociedades modernas, existe ainda, associado ao aumento da violência, o tráfico de entorpecentes. E novamente não fugimos ao componente econômico presente nesta relação!

    E nós estamos, lamentavelmente, perdendo esta guerra. Com investimentos maciços não só na repressão ao tráfico, no controle das fronteiras, mas também em investimentos em educação, cultura, lazer, empregos, formação profissional, podemos reverter este quadro em médio prazo.

    Não existe mágica… a família e o Estado devem chegar antes ao jovem do que o traficante.    

    Publicado por jagostinho @ 14:19



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

12 Respostas

WP_Cloudy
  • Regiane Disse:

    Que bom saber que temos candidatas deste nível. Mostra que é preparada e já tem meu voto. Só preciso descobrir o número dela.

  • Armindo Disse:

    Sempre ouvi falar dessa dra Clair,q já foi vereadora e deputada federal. Só não sabia que foi a primeira deputada federal do Paraná. Parabéns. Se depender do meu voto e da minha família e amigos próximos vai voltar para Brasilia de novo.

  • Vieri Disse:

    Estava procurando um candidato para federal. Li a entrevista e gostei. Terá meu voto. E mais alguns que vou conquistar. Já descobri o número dela. Anotem aí pessoal 54 99 na cabeça ! Com Marina e Requião.

  • Dirceu Disse:

    Como conheço o Jota a muito tempo acho que Dra. Clair é sua candidata. Vou acompanhar vc. E com sua ajuda e tantos admiradores que vc tem Jota acho que vamos levar a Clair a Brasilia de novo. Abraço e dia desses tomamos um café, como nos bons tempos de rádio. O seu celular é o mesmo né?

  • Lia Disse:

    Jota acompanho vc: Dra Clair, 5499 federal e requião 15 governador. Fora Richa e fora Dilma !

  • Celso Disse:

    Excelente a entrevista da matéria. A candidata mostrou conteúdo. Acabei minha dúvida para federal. Obrigado ao Blog pela contribuição para minha escolha.

  • Jorge Disse:

    Sempre votei na Dra. Clair que ajudou muitas pessoas. Nunca deveria ter saído da Camara Federal. Agora com uma pessoa como o Jota Agostinho dando um pouco mais de visibilidade para a campanha dela, pois partidos menores não tem recursos fico bem animado que Dra. Clair vai estar de novo nos bem representando na Camara.

  • jagostinho Disse:

    Dirceu
    O meu celular é o mesmo. Ligue e nos encontramos. Saúde Paz. Jota Agostinho

  • Hasiel Pereira Disse:

    Bom Dia

    Acho importante se inspirar no poema do Bertol Brechet o analfabeto politico, onde tudo na vida depende de decisões politicas se não vejamos: o preço do remédio, dos combustíveis, do telefone, a saúde pública, a educação pública, o sistema de transporte público, os salarios tudo isso depende de decisões politicas, o desencanto dos eleitores com os eleitos está nas empresas financiando as campanhas milionárias dos candidatos sem compromissos populares a candidata Dra. Clair 5499 candidata a deputada federal só tem compromissos populares só tem compromisso com o povo pois sua campanha é modesta mais quem sustenta é ela própria, alás é só por isso que é candidata! Por isso vote em quem vai lhe representar e lhe fazer ter orgulho de ter votado!
    Abraços Hasiel Pereira

  • Cézar Augusto I. Disse:

    Para quem não sabe a Dra. Clair só estar sem mandato federal porque o PT, partido ao qual pertencia, escondeu sua campanha. Fez isso porque ela votou pela cassação do Jose Dirceu, pela da criação da CPI dos correios, a favor de um salário mínimo maior do que o Lula queria, a favor da criação da CPI do Banestado. Resumindo: votou tudo isso desobedecendo a orientação politica do partido do Trabalhadores. Como represália, quando chegou na sua reeleição teve o nome escondido do horário politico fazendo com que muitos dos seus eleitores não ficassem sabendo que ela era candidata. Agora ela volta a candidatar-se à Deputada Federal. Por uma questão de justiça temos obrigação de elegê-la. VOTE DRA. CLAIR 5499 e multiplique os votos ela, sem dúvidas, é a melhor entre todos os candidatos. Sua campanha é simples, sem ostentação pois, por ser uma pessoa honesta, não dispõe de grandes recursos para banca-la.
    Abraços Cézar Augusto.

  • LEO Disse:

    Acho a dra. CLAIR , talvez o melhor nome do Paraná para a Camara dos Deputado ; terá meu voto , ainda mais pq é REQUIÃO . Para deputado estadual Anibelli Neto, (este não se vende ). Pra presidente ainda voto DILMA .

  • Hasiel Pereira Disse:

    No meu conceito o melhor Presidente da Republica que teve o Brasil foi o saudoso Getúlio Vargas foi êle quem transformou o pais agrário e monocultor em pais industrializado e independente sem endividamento se tivesse havido continuidade de projeto econômico o nosso Brasil seria uma enorme potencia, o outro que foi muito grande foi o saudoso João Goulart as suas reformas de base teria transformado o Brasil num pais justo com o seu povo e também muito desenvolvido, o presidente tinha um projeto de nação! O JK tenho profunda divergência pois foi ele quem começou o desenvolvimento industrial dependente, escancarando a economia para as multinacionais o oposto de Vargas agora o pior de todos estes foi o lacaio do imperialismo norte americano o traidor FHC, logo na sua posse ele afirma vim para destruir a era Vargas! Quando chegou ao puder a nossa divida interna era de 64 bilhões de reais doou todo o patrimônio público e nos deixou uma divida de um trilhão de reais, hoje esta divida está em 3 trilhões de reais e consome 42% do orçamento da nação, ou seja 2 bilhões reais por dia de juros, o lucro de quatro bancos brasileiros em 2013 foi de 20,5 bilhões de dólares, não há economia que suporte isso! Sobra para educação3,91% saúde3,44% e assim vai de mal a pior esta situação este modelo dependente e bajulador dos banqueiros vai nos levar para uma profunda crise econômica como levou a Itália, a Espanha, e a Grecia. Nesta eleição não tem nenhum candidato que assuma que irá cumprir a constituição fazendo auditória da divida pública como fêz o Equador e a sua divida diminuio 70%
    O menos pior é votar na Dilma pois na Marina nem pensar ela pretende terceirizar a presidência da republica com a independência do banco central, colocando a raposa para cuidar do galinheiro!
    Abraços Hasiel Pereira

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.