Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 14set

     *ELIANE CANTANHÊDE/BRASÍLIA

    O foco da eleição está todo em São Paulo, onde se amontoam quase 32 milhões de eleitores, 22,4% do país.

    Marina tem 40% no Estado, onde compensa a vantagem de Dilma no Sul e a franca dianteira da petista no Norte e no Nordeste.

    Aliás, Marina já atingiu 31% nos Estados nordestinos, feudos de Dilma e Lula.

    Dilma só tem 26% em São Paulo, o que puxa para baixo seu desempenho no fundamental Sudeste, onde ela perde por 28% a 36% de Marina.

    Aécio patina em 16% em São Paulo, o que apavora mais o PSDB do que a própria candidatura dele. O futuro do partido, incerto, depende muito dos votos paulistas.

    Todas as campanhas, portanto, quebram a cabeça e gastam  sola de sapato para conquistar os paulistas, não só da capital, mas principalmente do rico e conservador interior.

    A coisa é complicada. O PT mantém o favoritismo na disputa presidencial, mas seu candidato ao governo de São Paulo nunca chegou a dois dígitos nas pesquisas.

    Com o PSDB ocorre o contrário: em terceiro na presidencial, tem tudo para reeleger Alckmin já no primeiro turno.

    Quanto a Marina: não tem a estrutura partidária nem os palanques de PT e PSDB –aliás, não só em São Paulo–, mas disparou entre os paulistas.

    Eles têm forte rejeição ao PT e, apesar de renovarem o crédito de Alckmin, não parecem se animar com o mineiro Aécio.

    O tucano está ensanduichado não apenas entre as vantagens objetivas de Dilma e a novidade Marina, mas também entre as premências em São Paulo e Minas.

    Se o PSDB não pode ser um fiasco em São Paulo, Aécio não pode perder feio em Minas. E ele está sete pontos atrás de Dilma no Estado que governou. Nos dois casos, do PSDB e de Aécio, é questão de sobrevivência.

    Em tempo: a diferença pró-Marina em São Paulo é de 14 pontos no primeiro turno e de 25 no segundo, e ela tem a seu favor os erros de Dilma na economia.

    Não é trucidando Neca Setúbal que o PT vai reverter isso. 

     
    eliane cantanhêde* Eliane Cantanhêde, jornalista, É colunista da Folha. É também comentarista do telejornal ‘GloboNews em Pauta’.

    Publicado por jagostinho @ 15:44



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Uma resposta

WP_Cloudy
  • Clovis Disse:

    è só fazer a conta. Com Marina dando um banho em São Paulo não tem como Dilma ganhar no Brasil. Vai dar Marina no primeiro turno.Podem acreditar.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.