Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 13set

    IMPRENSA REQUIÃO 15

    Durante encontro com lideranças regionais do Tatuquara, senador Roberto Requião criticou o aumento da tarifa de luz e reafirmou o compromisso de apoiar a prefeitura de Curitiba

     

    Requião no Tatuquara/Curitiba

    Requião no Tatuquara/Curitiba

    O senador Roberto Requião, candidato ao governo do Paraná pela Coligação Paraná Com Governo (PMDB/PV/PPL), fez um discurso comparando a sua gestão no governo do estado com a de Beto Richa, falando principalmente sobre o aumento da conta de luz.

    “Não é possível que passivelmente sejamos roubados. E a ferramenta que nós temos é o voto, que é a arma do soldado cidadão. Ele tem de ser usado para mudar esse governo de exploradores. Vamos virar este jogo. Nós não queremos negócios. Queremos um governo que atenda os interesses do povo do Paraná”, disse.

    Requião criticou veementemente o aumento da tarifa de energia elétrica no Paraná.

    “Só estou nessa campanha porque estou indignado com o aumento da conta de luz. Tudo isso para dar lucro para financiadores de campanha. Tarifa cara significa um sapato a menos para nossos filhos e menos comida na mesa. É a degradação do nosso salário pagando uma conta de luz”, lembrou.

    Diante disso, Requião comparou o preço da conta de luz entre as gestões dele e de Richa.

    “No meu governo, congelamos a tarifa de luz e de água por sete anos. Vamos congelar a conta de água de novo por mais quatro. E vamos rever os contratos da Copel. A tarifa de luz era, no meu governo, a mais barata do Brasil. Hoje é a 23ª”, contou.

    Requião reafirmou que vai apoiar o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet.

    “Vejo muita gente reclamando que o atual prefeito faz menos do que deveria. Mas o prefeito não tem apoio do governo do estado. O atual governador fica fazendo ‘ranhetice’. O governador tem de dar a mão para que a prefeitura faça funcionar os postos de saúde, ponha médicos, ponha remédios e garanta o atendimento da população”, disse.

    Rosane – Requião fez esse discurso numa praça pública no Tatuquara, na região sul de Curitiba. Depois, outros dois eventos foram organizados em bairros da região – Sítio Cercado e Novo Mundo.

    No último deles, no campo de futebol do Uberlândia, a deputada federal Rosane Ferreira, vice na chapa de Requião, criticou a falta de segurança em todo o estado, principalmente aquele cenário exibido na propaganda política do atual governador Beto Richa.

    “Eu não acredito. Eu teria vergonha, se eu fosse governadora, de mostrar na televisão uma sensação de segurança que não está em lugar nenhum, apenas na propaganda televisão. Eu teria vergonha de encontrar com vocês na padaria, no mercado ou na igreja e mostrar para vocês coisas que não existem”, disse.

    (Assessoria de Imprensa/Filipi Oliveira)

    Publicado por jagostinho @ 19:38



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.