Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 10set

    pesquisa-5A

    FOLHA.COM

    O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, avançou quatro pontos percentuais na preferência do eleitor mineiro, aponta pesquisa Datafolha.

    O tucano, que tinha 22% de intenções de voto em seu Estado na semana passada, agora tem 26%. Supera numericamente Marina Silva (PSB), que oscilou de 27% para 25%. A presidente Dilma Rousseff lidera em Minas, com 33% (tinha 35%).

    A pesquisa em Minas Gerais, realizada nesta segunda (8) e terça-feira (9), tem margem de erro de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

    O avanço do tucano coincide com uma ofensiva do PSDB no Estado, que tenta alavancar a candidatura de Pimenta da Veiga ao governo e evitar uma derrota de Aécio em sua base eleitoral.

    Aécio, que governou Minas de 2003 e 2010 e contava com um bom desempenho no Estado para chegar ao segundo turno, esteve em Belo Horizonte com militantes na semana passada, quando pediu “serenidade” e falou em “grande virada”.

    ALTOS E BAIXOS

    Entre as sete unidades da Federação em que o Datafolha fez pesquisas nesta semana (SP, RJ, MG, RS, PR, DF e PE), o tucano Aécio tem o pior desempenho em Pernambuco, onde soma apenas 2% das intenções de voto, mesmo índice da semana passada.

    Marina lidera no Estado com 45% das preferências, ante 38% de Dilma. O levantamento no Estado tem margem de erro de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

    Marina registrou o melhor desempenho no Distrito Federal, onde avançou de 33% para 43% das intenções de voto.

    Aécio, com 17%, e Dilma, com 22%, apenas oscilaram em relação à semana passada. A margem de erro da pesquisa no DF é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos.

    SÃO PAULO

    Em São Paulo, onde está a maior fatia do eleitorado nacional (31,8 milhões), Marina mantém a liderança, com 40%, seguida por Dilma (26%) e Aécio (16%).

    Em relação ao levantamento da semana passada, Marina oscilou dois pontos para baixo, enquanto Dilma avançou três pontos. Aécio passou de 18% para 16% no intervalo.

    Desde a semana passada, a rejeição a Dilma em São Paulo também oscilou negativamente (de 44% para 42%). Ela ainda lidera com folga esse ranking no Estado, seguida pelo Pastor Everaldo (PSC), com 26%, e Aécio, 22%.

    Entre os paulistas, 17% dos eleitores dizem que não votariam em Marina de jeito nenhum (na semana passada eram 13%).

    Num hipotético segundo turno apenas entre os eleitores de São Paulo, Marina venceria Dilma (57% a 32%).

    A diferença atual de 25 pontos entre elas era de 32 pontos na semana passada (61% a 29%).

    Ainda em SP, a avaliação positiva (aqueles que consideram seu governo ótimo ou bom) da presidente Dilma passou de 25%, na semana passada, para 26%.

    Já a avaliação negativa (ruim/péssimo) desceu de 36% para 32%, no limite da margem de erro da pesquisa, que é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

    RIO DE JANEIRO

    O cenário da disputa presidencial no Rio de Janeiro é de estabilidade. Marina lidera com 36% das preferências, contra 30% de Dilma e 12% de Aécio: Todos oscilaram um ponto em relação ao levantamento da semana passada –Marina tinha 37%, Dilma, 31% e Aécio, 11%.

    Na simulação de segundo turno no Estado, a candidata do PSB venceria com 54%, ante 35% de Dilma.

    RIO GRANDE DO SUL E PARANÁ

    No Rio Grande do Sul, onde a mineira Dilma fez sua carreira política e terra do vice na chapa do PSB, Beto Albuquerque, a presidente lidera, com 40% das intenções de voto (tinha 38% na semana passada).

    No intervalo, Marina passou de 30% para 26%, enquanto Aécio se manteve em 15%.

    No Estado, a margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

    Entre os gaúchos, Dilma venceria Marina no segundo turno (50% a 38%); na semana passada, a vantagem de Dilma era de apenas quatro pontos (46% a 42%).

    No Paraná há empate técnico entre Dilma (32%) e Marina (28%). Aécio tem 22%. A margem de erro também é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

    Todas as pesquisas foram realizadas entre segunda (8) e terça-feira (9) e estão registradas na Justiça Eleitoral. 

    Publicado por jagostinho @ 20:49



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.