Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 21jun

    ulisses 2

    Recebi e passo adiante:-

    As manifestações que estão em curso comprovam a ilegitimidade do Poder constituído, e sinalizam claramente para a convocação de uma Assembleia Nacional Constituinte. 

    O aumento das tarifas de ônibus foi o pequeno estopim que desencadeou a onda de protestos de todos os matizes no Brasil – e foi seguida por brasileiros em todo mundo.

    Sinalizam, claramente, o descontentamento do povo com o poder constituído e as estruturas que os governam.

    Antes que se desencadeie uma revolta popular de proporções inimagináveis, é preciso se fazer as reformas que todos esperam: a reforma eleitoral, a reforma política, a reforma tributária e dos poderes constituídos que não mais representam o povo e os interesses nacionais.

    Sem uma profunda alteração constitucional, isso não é possível, em face das chamadas cláusulas pétreas ou imutáveis, aquele núcleo garantidor do mínimo que impera na Constituição brasileira e que impede as mudanças almejadas.

    Daí a necessidade de uma modificação constitucional profunda, que pode ser feita sem desgastes, devolvendo ao povo seu direito fundamental de escolha dos destinos da nação e dos poderes para garantir o destino das gerações futuras.

    A transição é possível, sem feridas profundas, sem golpe militar ou civil oportunistas, como nossa história seguidamente sofreu, para garantir ao povo que sustenta toda estrutura burocrática do Estado brasileiro o direito inovar e repensar o Estado brasileiro.

    Rever a lei da Anistia, rever os vultosos gastos do poder Legislativo, rever a distribuição tributária, rever os mecanismos de legitimidade do poder Judiciário e a escolha dos integrantes do Supremo Tribunal Federal, dentre outras escolhas na estrutura de poder do estado, rever a sistema de partidos políticos sem qualquer representação popular, rever o financiamento das campanhas eleitorais, incluir as minorias em todos os níveis, questionar profundamente a carência de investimento na Saúde e na Educação, rever os privilégios da classe política e suas imunidades penais, rever a prescrição dos ilícitos penais do colarinho branco, rever a política de investimentos de bilhões em estádios para alguns jogos, em detrimento das obras fundamentais para infraestrutura – essas são algumas das prioridades que devem ser discutidas.

    Chegou o momento de uma Assembleia Nacional Constituinte.

    A hora é agora.

    O sistema jurídico brasileiro e a Constituição não atendem mais aos anseios do povo, seu real destinatário.

    Publicado por jagostinho @ 17:22



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Uma resposta

WP_Cloudy
  • Antonio Disse:

    Boa noite, Se deixarmos o Brasil ser conduzido da forma atual, com um escândalo substituindo outro, onde parlamentares,juízes, ministros, secretários, etc, figuram como vilões e quase todos os dias, quando o cidadão abre um jornal para lê-lo ou liga a televisão, as principais noticias, são sobre: A corrupção, com envolvimentos políticos, o perdão aos corruptores, a escalada da criminalidade, o poder absoluto do tráfico de drogas, os cidadãos perdidos entre o fogo cruzado, o aumento indigno dos impostos. E isto, é somente a ponta do iceberg; Ou damos um basta, nesta situação ou daqui, há cinco ou dez anos seremos a Bósnia das Américas ou o segundo Haiti. Se não nos mobilizarmos irmanados na tentativa de mudar este quadro mórbido de política administrativa que vivemos, a vaca que já está no brejo, se atola. Um abraço.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.