Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 05maio

    repassando6

    DA COLUNA DE CELSO NASCIMENTO/GAZETA DO POVO

    Matemática política 1

    Nas horas de “pico”, os grandes, modernos, dispendiosos e caros ônibus de Curitiba transportam 80% da demanda de passageiros.

    Nas horas de “entrepico”, os mesmos grandes, modernos, dispendiosos e caros ônibus atendem os outros 20%.

    De tão lotados durante seis horas, calcula-se que cada passageiro “custa” apenas R$ 2,00 para o sistema.

    Já nas restantes horas não movimentadas, transportar um passageiro nesses mesmos ônibus chega a custar quase R$ 8,00.

    Matemática política 2

    O cálculo é do arquiteto Germinal Pocá, ex-secretário municipal (1986), especialista em transportes.

    Ele o apresentou em audiência na Câmara, quinta-feira, para o presidente da Urbs, Roberto Gregório, vereadores e outros interessados.

    E foi enfático: se querem baixar a tarifa, que nas horas de “entrepico” sejam usados ônibus menores (do tipo “ligeirinho”, já existentes na frota), que são pelo menos 50% menos gastadores que os biarticulados que batem lata quase vazios nas horas ociosas.

    “É um desperdício que custa caro demais”, disse Pocá diante do olhar de paisagem dos circunstantes.

    Matemática política 3

    Enquanto alguns, como Pocá, teorizam sobre questões técnicas, outros trabalham para tirar o maior proveito político possível da polêmica que envolve a integração do transporte metropolitano – com ou sem subsídio.

    O governador prepara medidas para esta semana que, segundo se diz, deixaria mais baratas as passagens dos municípios vizinhos e deixaria a de Curitiba mais cara.

    O prefeito Gustavo Fruet buscou ofuscar antecipadamente o eventual ganho político de Beto, ao garantir, na sexta-feira, que, independentemente da vontade do governador, o ISS de Curitiba vai cobrir o “rombo” da integração por pelo menos um mês.

     

    Publicado por jagostinho @ 10:28



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.