Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 29jan

    COLUNA “OLHO TÁTICO” – ESPN.COM.BR

    A boa reestreia de Alex e os problemas do Coritiba

    Gazeta Press

    ALEX ESPN

    Alex meteu bolas na trave e teve gol anulado em sua volta ao Coxa.

    Alex viveu um turbilhão de emoções em sua volta ao futebol brasileiro e ao Coritiba no amistoso contra o Colón.

    Muito motivado, contou com o apoio da torcida e dos novos companheiros no Couto Pereira. No entanto, o cenário em campo não era nem um pouco favorável.

    Sem contar o natural desentrosamento e a falta de ritmo de quem não jogava um partida oficial pelo Fenerbahçe desde setembro do ano passado, o camisa dez enfrentou problemas técnicos e táticos dos companheiros que atrapalharam seu desempenho.

    A começar pelas limitações dos volantes no 4-2-3-1 armado pelo jovem técnico Marquinhos Santos. Willian marca bem e tem chute perigoso, mas não é um passador de qualidade.

    Menos ainda Guaraci, que iniciou à frente da zaga, mas com seguidos passes errados ou burocráticos foi deslocado à direita para que Gil acelerasse a saída de bola. Também sem sucesso.

    O Coxa dependia dos passes de Alex e Lincoln para a velocidade de Denis pela esquerda e Rafinha à direita procurando Deivid na área.

    O Colón do técnico Roberto Sensini se defendia em algo próximo de um 3-5-1-1, mas ofensivamente era forte pela direita com os passes do bom volante Bastia para o apoio do ala Kaire que compensavam a atuação apagada do badalado “enganche” Lucas Mugni.

    Como Lincoln não voltava e Denis penava sozinho na marcação, Marquinhos trocou Rafinha de lado para ajudar na recomposição. Resultado: o time ficou completamente torto, pendendo à esquerda. Mas ao menos chegava à frente.

    Olho Tático

    TATICA 1

    Coritiba de Alex no 4-2-3-1 com Gil e Guaraci alternando na lateral-direita e Rafinha trocando de lado; Colón no 3-5-1-1 forte pela direita com Kaire

    Com a tola expulsão do camisa sete em desentendimento com o zagueiro Raldes, que também ganhou vermelho, o time paranaense perdeu a profundidade na frente e o meia do trio que mais ajudava os volantes sem a bola.

    No 4-2-2-1, mesmo com a saída de Guaraci para a entrada de Emerson Santos, o Coritiba ficou exposto atrás e sem saída de bola no início da segunda etapa.

    O Colón plantou os volantes na marcação a Alex e Lincoln, deixou a dupla de zaga com Deivid e avançou alas e meias.

    Mas foi às redes quando Bastia, de cabeça erguida e assistência precisa, achou o atacante Gigliotti, que aproveitou o erro de posicionamento de William Rodrigues e Escudero e tirou do alcance de Vanderlei.

    Olho Tático

    TATICA 2

    No início do 2º tempo, times com dez jogadores: Coxa muito exposto no 4-2-2-1 e Colón mais organizado para defender e atacar

    Com as muitas substituições e outras três expulsões em duelo tenso demais para um amistoso, o duelo tático perdeu o sentido. Mas Alex apareceu nas bolas paradas.

    Primeiro com um escanteio batido com tanto efeito que o goleiro Pozo espalmou para as redes e é difícil precisar se a arbitragem acertou ao marcar saída de bola na curva do cruzamento.

    Depois com duas cobranças de falta nas traves. Sem contar o escanteio que encontrou Deivid livre na pequena área, mas o atacante perdeu mais um gol incrível em sua carreira.

    No último lance, a redenção do Coxa e de seu camisa nove no empate e na salvação da estreia de Alex. Saldo final: teste válido para o início da temporada e boa resposta física e na reação às adversidades do time e de seu velho/novo craque.

    A tendência é que, a curto prazo, a equipe siga com problemas no meio-campo e dependa da rapidez de Rafinha para surpreender as defesas.

    Por outro lado, Marquinhos Santos constatou que pode contar com talento e vontade de seu camisa dez, que não foi a Curitiba apenas para encerrar a carreira, e terá peças para armar equipe competitiva – Patric, Emerson, Leandro Almeida, Bottinelli e Júlio César são alguns possíveis titulares no futuro.

    Vale acompanhar a evolução do Coxa em 2013.

     



    Publicado por jagostinho @ 11:49



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Uma resposta

WP_Cloudy
  • Fernando Correa Martins Disse:

    Seu Jota,

    O Brasil todo esta de olho no Coxa este ano, tanto que quinta o jogo contra o Jotinha passou para às 18h para a Sportv passar para o Brasil inteiro o primeiro jogo oficial do craque Alex com a camisa do Coxa.

    Enquanto os poodles ladram… O Coxa passeia…

    Abs e SAV

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.