Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 26jan

    ANPr

    Foto:- Jonas Oliveira/ANPr

    Foto:- Jonas Oliveira/ANPr

    O governador Beto Richa entregou nesta sexta-feira (25/01) o primeiro conjunto de equipamentos do programa Patrulha do Campo para o Consórcio Portal do Pinhão, formado pelos municípios de Pato Branco, Bom Sucesso do Sul, Clevelândia, Mariópolis, Palmas e Vitorino, na região Sudoeste. 

    O maquinário será utilizado para obras de modernização e adequação de estradas rurais, que serão realizadas após avaliação prévia de engenheiros.

    Cada patrulha é composta por caminhão, escavadeira, motoniveladora, pá-carregadeira, rolo compactador, carreta, pick-up e cinco caminhões basculantes. 

    “A melhoria das condições de tráfego em vias rurais é uma das grandes demandas por parte dos municípios e o Estado agora pode oferecer o suporte necessário”, disse Richa.

    “Com estradas adequadas, há melhora da vida no campo e mais desenvolvimento para as comunidades rurais”, afirmou o governador. 

    Em visita ao Sudoeste paranaense, Richa também anunciou obras e repasses de recursos para os municípios de Pato Branco, Chopinzinho, Sulina e São João.

    Os investimentos são nas áreas de saúde, habitação, infraestrutura, agricultura e assistência social. O governador entregou ambulâncias e inaugurou unidades de saúde. 

    “São obras importantes em setores que são prioridades do nosso governo. Por muito tempo o Sudoeste ficou esquecido pelo Estado. Agora, estamos pagando uma dívida histórica com a região”, disse o governador. 

    Richa destacou o caráter municipalista da sua gestão e enumerou as conquistas nos últimos dois anos. “O Paraná avança com um governo compromissado com o interior. Em parceria com os prefeitos estamos investindo para melhorar a qualidade de vida dos paranaenses”, afirmou.

    Entre os documentos assinados está a abertura de licitação para o projeto de engenharia do contorno Noroeste de Pato Branco, que desviará do centro da cidade o trânsito de caminhões (20 mil veículos diários).

    O investimento será de R$ 1,3 milhão. Richa também autorizou a modernização de pontes em Chopinzinho e São João, e obras de conservação de estradas em Sulina. 

    Ele anunciou ainda obras de saneamento de R$ 2,5 milhões e garantiu a ajuda do Estado para construção do parque municipal de Pato Branco.

    O município também foi incluído no programa Família Paranaense, assim como Sulina e Chopinzinho. O programa foi criado para atender 100 mil famílias em vulnerabilidade social. 

    SAÚDE – Para reforçar a saúde pública nos municípios, o governador entregou três ambulâncias – duas para Pato Branco e uma para Clevelândia.

    Os novos veículos de remoção vão renovar a frota dos municípios. O Estado projeta repassar 330 ambulâncias para os municípios até 2014. 

    Em Sulina e São João, Richa inaugurou Unidades Básicas de Saúde. O governo destinou R$ 400 mil para construção e equipou as unidades com 65 itens, incluindo consultório odontológico.

    Ele também assinou um convênio com a prefeitura de Chopinzinho para o repasse R$ 60 mil mensais para ampliar a capacidade do atendimento de urgência e emergência do município. 

    Richa lembrou que, ainda para Pato Branco, o governo estadual também destinou R$ 1 milhão para a construção do Centro de Especialidades Regional. As obras devem ser finalizadas ainda neste ano. 

    AGRICULTURA – Richa autorizou o repasse de recursos para que as prefeituras dos municípios comprem calcário para os pequenos agricultores.

    Ele também anunciou a liberação de financiamento do Banco Regional de Desenvolvimento Econômico e Social (BRDE) para a Cooperativa Coopertradição, que vai implantar uma unidade de beneficiamento de sementes em Pato Branco. 

    O prefeito de Pato Branco, Augustinho Zucchi, agradeceu os investimentos do governo no município e disse que a região é a primeira do Estado a receber uma patrulha do campo.

    “As prefeituras têm dificuldades em arcar com os custos para revitalizar as estradas rurais. O retorno dessa medida é fundamental para o desenvolvimento do campo. A região Sudoeste espera ser modelo de atuação para o Paraná”, afirmou o prefeito. Ele explicou ainda que a criação de um parque na cidade era um desejo antigo da população. 

    Em Chopinzinho, Richa determinou o repasse de 25 mil litros de óleo diesel para recuperação das estradas rurais atingidas pelas chuvas. Outros 25 mil litros serão repassados para Coronel Vivida. 

    Um convênio foi assinado para a instalação da Central de Transferência de Embriões em Gado Leiteiro no município. Com o repasse de R$ 60 mil, o objetivo é agregar renda ao produtor via melhoria genética do rebanho com a tecnologia de transferência de embriões. 

    O governador também assinou contrato para a construção de moradias na área rural de Sulina e um convênio com o município de Pato Branco para a realização conjunta de um empreendimento habitacional.

    Richa disse que o governo criou o programa Morar Bem Paraná para atender 110 mil famílias até 2014. Nos municípios visitados pelo governador os investimentos em habitação já chegam a R$ 35 milhões.

    “Temos um amplo projeto de Estado que prevê atender as famílias paranaenses com uma casa digna”, afirmou Richa.

    Acompanharam o governador no Sudoeste o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Valdir Rossoni; os deputados estaduais Nereu Moura, Nelson Luersen e Rose Litro; o subchefe da Casa Civil, Guto Silva e os secretários Norberto Ortigara (Agricultura), Michele Caputo Neto (Saúde), José Richa Filho (Infraestrutura), Jonel Iurk (Meio Ambiente) e Edson Casagrande (Assuntos Estratégicos).



    Publicado por jagostinho @ 12:46



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.