Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 17jan

    AEN

    RICHA CASTRO 2O governador Beto Richa assinou, nesta quarta-feira (16/01), vários convênios com a prefeitura de Castro e municípios dos Campos Gerais, que irão beneficiar a população nas áreas de habitação, infraestrutura, energia, educação, capacitação, cultura e fomento.

    A solenidade foi acompanhada por prefeitos, secretários de Estado e deputados federais e estaduais.

    “São grandes e relevantes os investimentos que trazemos. Tudo isso é possível por que temos compromisso com o povo paranaense”, disse o governador.

    “O Paraná vive um novo momento, de diálogo e de respeito pelo cidadão. Com esta forma de governar, conseguimos dar ao Estado seu maior desenvolvimento industrial e econômico”, destacou Richa.

    Entre as obras anunciadas por Richa está a construção de um gasoduto de 77,7 quilômetros pela Companhia Paranaense de Gás (Compagas), ligando Ponta Grossa a Castro. A medida dará suporte ao desenvolvimento industrial do município. 

    O investimento na obra é de R$ 83,5 milhões e o novo ramal será construído em duas etapas.

    A primeira, de 22,1 quilômetros, levará gás natural até Carambeí. A segunda fase, no total de 55,6 quilômetros, o combustível chegará até Castro. 

    Os principais consumidores do insumo serão a Cargill e a Evonik. As duas empresas internacionais se uniram para fazer o processamento fino do milho num complexo que está sendo instalado em Castro.

    Juntas, as companhias investem R$ 600 milhões em plantas industriais.

    No evento, o governador formalizou a adesão dos municípios de Castro, Piraí do Sul e Carambeí ao programa Patrulha do Campo.

    Unidas em consórcio, as três cidades vão receber serviços de melhorias e modernização de estradas rurais com equipamentos e máquinas fornecidos pelo Estado.

    HABITAÇÃO – Richa também assinou, juntamente com o presidente da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Mounir Chaowiche, convênio para obras de melhoria em unidades habitacionais urbanas e rurais de Castro.

    O acordo prevê ainda a titulação de propriedades e regularização fundiária de imóveis. Os benefícios atenderão famílias com renda mensal de até seis salários mínimos.

    No município de Castro, estão sendo investidos mais de R$ 36 milhões na área de habitação. São dois empreendimentos urbanos, que totalizam 516 casas populares, e três na área rural.

    “A casa própria é a base do desenvolvimento social de uma família. Junto com o município e o governo federal estamos trazendo qualidade de vida para essas pessoas”, disse o governador. 

    Segundo Richa, em toda região dos Campos Gerais foram viabilizados 288 empreendimentos habitacionais, totalizando 18 mil unidades para atender famílias de baixa renda da região. O investimento na região é de aproximadamente R$ 770 milhões.

    CAPACITAÇÃO– A prefeitura de Castro também firmou convênio com o Estado para aderir aos programas Bom Negócio Paraná e Banco do Empreendedor, criados para promover o desenvolvimento econômico e social dos municípios por meio da capacitação das micros, pequenas e médias empresas.

    Com a adesão, os empresários terão poderão acessar linhas de crédito da Fomento Paraná, que pratica uma das taxas de juros mais baixas do País. Para conseguir o empréstimo, eles recebem cursos gerenciais. 

    Criada por Richa na prefeitura de Curitiba, o Bom Negócio foi estendido para o Estado e já qualificou 1.650 empreendedores.

    “É uma inovação que estamos trazendo para a região de Castro”, ressaltou o secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Alípio Leal. 

    A Secretaria da Ciência e Tecnologia também assinou com a prefeitura de Castro um protocolo de intenções para instalação de um polo de educação superior à distância no município.

    A medida faz parte do Programa Universidade Virtual do Paraná, que oferece cursos serão elaborados pelas universidades estaduais. 

    O Programa Universidade Virtual do Paraná está em fase de implantação. Além de Castro, outras 49 cidades foram selecionadas para receber o projeto ainda neste ano. 

    Outro convênio assinado por Richa vai liberar R$ 1,6 milhão, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Urbano, para serviços de pavimentação asfáltica de vias urbanas no município de Castro.

    “Todos esses investimentos vão revolucionar a cidade de Castro e a região”, afirmou o prefeito Reinaldo Cardoso. 

    Segundo ele, o município tem um planejamento para os próximos 30 anos e, para executá-lo, a parceria com o Governo do Estado é fundamental.

    Cardoso agradeceu ao governador pelos investimentos e pela atenção dada aos região dos Campos Gerais que, segundo ele, nunca foi tão bem atendida.

    GÁS NATURAL– O gasoduto que ligará Castro a Ponta Grossa terá capacidade para aproximadamente 300 mil metros cúbicos de gás por dia.

    “Qualquer empresa que necessite de gás natural para implantar uma unidade em Castro, terá essa facilidade. Estamos cumprindo a determinação do governador Beto Richa, de levar desenvolvimento e incentivar a industrialização no interior do Estado”, disse Luciano Pizzato, diretor-presidente da Compagas.

    A princípio, o gasoduto atenderá o complexo da Cargill. Segundo Paulo Hoffmann, diretor-comercial da empresa, o ramal é fundamental para o funcionamento do complexo industrial da companhia, que firmou protocolo no ano passado com o Estado para receber benefícios do Programa Paraná Competitivo.

    Richa visitou as obras da nova fábrica, que deve começar a operar no segundo semestre deste ano.

    Participaram da solenidade de assinatura dos convênios o vice-prefeito de Castro, Marcos Bertolini, o secretário estadual da infraestrutura e logística, José Richa Filho, o deputado federal Sandro Alex, o deputado estadual Plauto Miró, entre outras autoridades.

    INFRAESTRUTURA – Além da assinatura de convênios, Richa esteve no município para a entrega do trecho pavimentado da PR-090, entre Castrolanda e o distrito de Abapan.

    A pavimentação é uma antiga reivindicação dos moradores. Foram investidos R$ 28 milhões nas obras, que envolvem pavimentação, construção de ponte e passagens subterrâneas. 

    O governador também inaugurou a nova pista do aeroporto de Castro. A área de pouso substituiu o antigo revestimento de cascalho.

    Foram pavimentados 1.400 metros de comprimento por 30 metros de largura. O pátio de manobras e o acesso rodoviário do aeroporto também foram asfaltados, somando 48 mil metros quadrados de área pavimentada.



    Publicado por jagostinho @ 09:24



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.