Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 08dez

    [email protected]

    “A Copa tem que trazer benefícios para os brasileiros”, diz João Arruda na rádio Transamérica

    O deputado federal João Arruda (PMDB-PR) participou, na manhã desta sexta-feira (7), do Papo de Craque na rádio Transamérica Pop de Curitiba.

    Durante o programa, João Arruda falou sobre os legados que os eventos esportivos como a Copa Mundo de Futebol de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016 podem deixar para o país, além do Marco Civil da Internet.

    Segundo o deputado, o Brasil tem de fazer uma grande discussão envolvendo toda a sociedade sobre os legados que as principais competições esportivas mundiais possibilitarão para o Brasil.

    João Arruda ressaltou que, no caso da Copa do Mundo de Futebol, a paixão que o brasileiro tem pelo esporte, mas que não pode servir para deixar de lado essas questões técnicas.

    “O brasileiro é muito apaixonado pelo futebol. Qualquer posição mais fria poderia colocar em risco essa paixão, então, temos de deixar as coisas fluírem e fazer sem sombra de dúvida uma grande Copa do Mundo”, disse.

    E completou: “A Copa tem que trazer benefícios para os brasileiros, para promover o esporte a longo prazo, em especial para a população mais pobre. É claro que é importante fazer bonito para até trazer mais eventos que possam gerar desenvolvimento econômico”.

    João Arruda lembrou ainda sua proposta de emenda à Lei Geral da Copa, exigindo que haja uma contrapartida da FIFA para o turismo Brasileiro.

    A iniciativa inclui na Lei a reserva de 25% do potencial publicitário e de marketing da Copa das Confederações de 2013 e da Copa do Mundo, para divulgação e promoção dos atrativos brasileiros.

    “É dedicação a pontos turísticos importante, como nós temos aqui no Paraná as Cataratas do Iguaçu. Por exemplo, que nos painéis, ingressos e outras mídias tivéssemos a divulgação das nossas belezas naturais, para mostrarmos ao mundo o que temos de bom”, disse João Arruda.

    Marco Civil da Internet

    No programa, que contou com a participação de ouvintes, o deputado falou também sobre o Marco Civil da Internet, o projeto de lei que vai definir as diretrizes de uso da rede para usuários, empresas e governos.

    Para João Arruda, a internet tem de ser um campo de liberdade de expressão, com qualidade garantida para todos os usuários.

     “Há algumas leis no Congresso que podem vir a limitar a liberdade na internet, e nós acreditamos que a internet tem que ser livre, aberta para todos e que tenha qualidade no serviço, por isso foi criado o Marco Civil da Internet”, disse o deputado, que é presidente da Comissão Especial criada para estudar o projeto.

    O deputado explicou ainda o conceito de neutralidade na rede, um dos pontos de discordância para a votação de lei, que já teve sua votação no plenário da Câmara adiada diversas vezes no segundo semestre.

    “As teles são obrigadas a entregar o mesmo serviço, de qualidade, para todos os usuários que podem acessar tudo: YouTube, Facebook, e-mail e outros, mas as teles querem segurar isto para que possam vender pacotes, para que você não pague pela velocidade, e sim, a mais, por cada tipo de serviço, como transmissão de vídeos, de e-mail, ou seja, uma limitação”, ressaltou.

    “É uma questão importante, pois a internet tem de ser um bem público. Então é muito importante que todos participem, falem com seus deputados, para podermos aprovar esta lei que vão garantir a proteção do usuário, sem afetar a internet no nosso país”, finalizou João Arruda.



    Publicado por jagostinho @ 14:03



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.