Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 04nov

    POLÍTICA EM DEBATE/JOSIANNE RITZ

                                                                                                           

    Em entrevista à rádio CBN, a primeira dama Márcia Fruet disse que foi bastante criticada pelos próprios colegas de campanha devido a sua intensa participação nas redes sociais.

    Conhecida por ser bastante crítica, a primeira dama avalia que conseguiu dar uma amenizada ao longo da campanha.

    “Era criticada todos os dias. Tinha algumas coisas que eu não conseguia passar em branco”, disse. Porém, mesmo com as críticas, Márcia diz que não pretende largar o hábito.

    “Quero continuar usando o twitter e o facebook.  É uma dos novos conceitos de política que estamos levando para a prefeitura”.

    “Queremos mostrar transparência e que primeira dama também é gente, também trabalha, pode postar uma música no facebook, pode dizer que fila do mercado tava grande”, exemplificou.

    Outra opinião da primeira dama foi sobre os cavaletes, grandes protagonistas da propaganda eleitoral deste ano.

    Márcia Fruet se declarou contra os cavaletes por dificultarem o trânsito de pessoas. Ela sugeriu que para a próxima eleição seja feito um debate para tirar os cavaletes das ruas.

    “Ele se mostrou tão nocivo quanto a campanha nos postes nos anos anteriores”, declarou.

    DECEPÇÃO COM AS PESQUISAS

    Em meio a instalação de CPI em Brasília para investigar os erros das pesquisas eleitorais, a primeira dama eleita Márcia Fruet disse que as pesquisas do primeiro turno, que não colocavam Gustavo Fruet (PDT) no segundo turno trouxeram muitos efeitos negativos.

    “O efeito mais danoso da pesquisa é o ânimo da militância. A gente até podia não acreditar nos números, mas perdia dois dias para animar de novo a militância”, explicou.

    Dentre as sondagens a boca de urna do primeiro turno foi a mais criticada. “Essa pesquisa foi muito cruel conosco. Sorte que não influenciava mais ninguém”, disse Márcia.

    Após uma pesquisa de boca de urna que colocava Lucano Ducci (PSB) no segundo turno e não Gustavo, o Ibope chegou a emitir nota falando que não conseguiu registrar o crescimento de Fruet nos últimos dias.

    Publicado por jagostinho @ 09:19



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.