Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 14maio

    PORTAL BONDE

    Reportagem desta semana da revista Época  mostra que o bicheiro Carlinhos Cachoeira tentou se aproximar do governador do Paraná, Beto Richa.

    Gravações feitas pela Polícia Federal durante a Operação Monte Carlo, obtidas pela revista, revelam que colaboradores do bicheiro conversaram sobre a possibilidade.

    Segundo a Época, Cachoeira procurava oportunidades de explorar jogos no Paraná.
    A conversa entre dois membros da turma de Cachoeira aconteceu no dia 23 de agosto de 2011. Lenine Araújo, um dos principais aliados do bicheiro, e Miguel Marrula (DEM), ex-vereador de Anápolis (GO), falam da pretensão de Cachoeira de expandir sua atuação no Paraná.“Meu primo é muito… do vice-governador de lá, sabe? E quer levar o Carlinhos Cachoeira para conhecer o Beto Richa, lá, e a gente pode aproveitar alguma coisa nisso, você concorda?”, diz Marrula a Araújo.

    O primo de Marrula, no caso, é o prefeito de Cornélio Procópio, Amin Hannouche (PP). Em outra parte da gravação, os dois falam diretamente de Richa.

    “Ele (Richa) é da família nossa. Você pensa num caboclo que gosta de um jogo…”.

    Para reforçar a intenção, conforme a Época, Marrula diz que, apesar de pequeno, o grupo ligado ao primo é forte.

    “Está com a faca e o queijo na mão porque o pessoal de lá, o secretário de Segurança, nós que colocamos… é gente da minha casa. É gente do meu primo”.

    Procurado pela revista, O secretário de Segurança do Paraná, Reinaldo Almeida César Sobrinho, afirmou que não conhece Marrula nem Cachoeira, e que conheceu o prefeito de Cornélio Procópio meses depois de ter assumido a secretaria de Segurança e nega interferência dele em sua nomeação.

    Por vez, Hannouche confirmou ser primo de Miguel Marrula, mas negou relações com Cachoeira.

    Carlinhos Cachoeira foi preso pela Polícia Federal em fevereiro deste ano durante a Operação Monte Carlo, que desarticulou a organização que explorava máquinas de caça-níquel no Estado de Goiás.

    Publicado por jagostinho @ 10:47



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.