Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 20dez

    UOL ESPORTES

    • Satiro Sodré/AGIF

      Cesar Cielo se emocionou ao receber o prêmio de melhor atleta do ano no Prêmio Brasil Olímpico

      Cesar Cielo se emocionou ao receber o prêmio de melhor atleta do ano no Prêmio Brasil Olímpico

    Os problemas enfrentados em 2011 não diminuíram a popularidade do nadador Cesar Cielo. O campeão olímpico e mundial foi eleito pela terceira vez o melhor atleta do ano na categoria masculino do Prêmio Brasil Olímpico, em festa realizada pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) nesta segunda-feira, no Rio de Janeiro.

    A saltadora Fabiana Murer foi a vencedora na categoria feminino.

    “Foi minha fé que me segurou neste tempo todo. O que a gente passou, e está aqui como bicampeão mundial. Só tenho a agradecer a meus pais e a Deus”, disse Cielo, que não segurou as lágrimas.

    “Tem horas que a gente se subestima, mas pode mais, exige mais da gente mesmo. Espero que seja um aprendizado que leve para as Olimpíadas no ano que vem. Esse aqui foi carinho que eu precisava pra ter certeza que eu estava de volta”.

    Cielo conquista o prêmio em um ano marcado pela conquista de medalhas de ouro no Mundial de Xangai e nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, mas em que teve que enfrentar um julgamento por doping na Corte Arbitral do Esporte.

    O nadador e outros três atletas foram flagrados em exame antidoping realizado no Troféu Maria Lenk, em maio, pelo uso da substância furosemida.

    O campeão olímpico dos 50 m livre foi julgado pela Corte Arbitral do Esporte, que apenas advertiu o brasileiro e o liberou para a disputa do Mundial de Xangai, gerando protestos de outros competidores.

    Dentro das piscinas, Cielo se manteve no topo das provas de velocidade. O brasileiro foi campeão mundial nos 50 m livre e nos 50 m borboleta.

    No Pan-Americano de Guadalajara, foram quatro medalhas de ouro, duas delas na equipe brasileira de revezamento.

    Além de Cielo, concorriam ao posto de melhor atlético o ginasta Diego Hypolito, que conquistou três medalhas de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, e o jogador de vôlei de praia Emanuel, campeão dos circuitos brasileiro e mundial e do Pan-Americano de Guadalajara.

    Atual campeã mundial do salto com vara, Fabiana Murer foi eleita pela segunda vez consecutiva. Para conquistar o título ela derrotou a xará Fabiana Beltrame, do Remo, e Maurren Maggi, do salto em distância.

    Esse é o sexto prêmio de Fabiana Murer no evento que acontece desde 1999. Além de ser escolhida a melhor por duas vezes, ela também ganhou o trófeu de melhor no atletismo em 2006, 2009, 2010,2011.

    “Foi um ano difícil, em que foquei no Mundial. Termino o ano muito contente. Quero agradecer a todos os fãs, amigos e familia que votaram em mim e me ajudaram a conquistar o troféu”, disse Murer.

    “Temos um ano importante em 2012. Já comecei os treinos e vou fazer o máximo que puder para buscar uma medalha na Olimpíada”.

    Em 2011, Murer fez história ao conquistar o primeiro título mundial do atletismo brasileiro, em Daegu, na Coréia do Sul.

    Com a conquista outdoor, na qual saltou 4,85m, a brasileira unificou dois títulos mundiais, já que foi campeã indoor em 2010, em Doha.

    Em Daegu, a recordista olímpica, Yelena Isinbayeva decepcionou e sequer subiu ao pódio, saltando apenas 4.65m.

    Se no mundial, Fabiana derrotou a favorita, no Pan-Americano de Guadalajara, ela decepcionou.

    No México, ela saltou 15cm a menos que sua marca no Mundial e ficou apenas com a medalha de prata, atrás da cubana Yarisley Silva, que alcançou a marca de 4,75m. 

    O COB também premiou nesta segunda-feira os melhores de cada uma das 47 modalidades esportivas.

    O técnico de basquete Rubén Magnano, nos esportes coletivos, e a treinadora do judô Rosicléia Campos, nos individuais, também receberam o troféu.

    Os vencedores foram escolhidos por júri composto por ex-atletas, jornalistas e dirigentes.



    Publicado por jagostinho @ 11:37



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.