Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 29jul

    PARANÁ ONLINE/VALÉRIA AUADA

    Marcos Borges/O Estado
    Pacientes reclamam da demora para serem atendidos na unidade do Alto Maracanã.

     

    Pacientes que precisam do Pronto Atendimento Alto Maracanã, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, estão reclamando da demora para serem examinados pelos médicos. Há dias em que pacientes demoram até seis horas para serem atendidos.

    O aposentado Jorge Alves Ribeiro, 89 anos, demorou três horas para trocar a sonda. Sua neta, Valdicélia de Oliveira, disse que a demora para o atendimento está ocorrendo há uma semana. Seu avô tem câncer de próstata e precisa trocar a sonda no pronto atendimento.

    Segundo Valdicélia, há vezes em que ela tem que comprar a sonda para ser colocada no pronto atendimento. “Pra mim isto é um descaso. Meu avô tem 89 anos e precisa ficar esperando todo esse tempo com a doença que ele tem”, reclama.

    A dona de casa Marinalva da Cruz, 46 anos, demorou cinco horas e meia para ser atendida. Nervosa, ela disse que estava com muita tosse e falta de ar. “Acho isso uma vergonha, um absurdo, uma falta de respeito com a humanidade. A gente paga imposto para quê?”, questiona.

    A dona de casa Aldemira Viapiana, 55 anos, também esperou cinco horas e meia para ser atendida no Pronto Atendimento Alto Maracanã. Ela foi picada por aranha e tem manchas vermelhas no pescoço. “É muito tempo para ficar esperando. Estou sem almoço”, reclama Aldemira.

    O outro lado

    O Pronto Atendimento Alto Maracanã está sob a responsabilidade da Prefeitura de Colombo, bem como o Pronto Atendimento Osasco. O assessor de imprensa da prefeitura, Osni Mendes, afirmou que as reclamações dos usuários servirão para o encaminhamento de soluções.

    O Pronto Atendimento Alto Maracanã conta com três médicos plantonistas para atender os pacientes. Segundo Mendes, a prefeitura abriu um concurso na modalidade de teste seletivo, para contratar mais rapidamente médicos para os dois prontos atendimentos do município. Ele disse que a prefeitura vai contratar pelo menos 30 médicos plantonistas para trabalharem nos dois prontos atendimentos.

    O problema que ocorre no Pronto Atendimento Alto Maracanã, de acordo com o assessor, é que existem situações que aumentam ou diminuem o tempo de espera dos pacientes. Ele explica que os pacientes são atendidos de acordo com as prioridades, que se classificam em urgências, emergências e as consultas médicas para outros tipos de situações.

    Segundo o assessor, outro fator que sobrecarrega a unidade de saúde do Alto Maracanã é que 20% dos atendimentos da unidade são de pessoas que vêm de outras cidades da Região Metropolitana de Curitiba, como Almirante Tamandaré, Pinhais e Bocaiúva do Sul.

    Publicado por jagostinho @ 14:17



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Uma resposta

WP_Cloudy
  • MÍRIAM Disse:

    DELÚBIO, PARE DE FAZER CAMPANHA PARA O LULA, COM SEUS TEXTOS DE FICÇÃO, E VENHA VER ESTA E TANTAS OUTRAS REALIDADES DO POVO BRASILEIRO…

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.