Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 27jul

    ESPAÇO VITAL

    A Unilever  Brasil Alimentos Ltda. foi condenada a indenizar uma consumidora que achou um preservativo masculino na lata de extrato de tomate, após o preparo da refeição da família.

    A sentença proferida na 2ª Vara Cível da comarca de Lajeado (RS) foi confirmada pelo tribunal gaúcho. A condenação foi proferida pela 9ª Câmara Cível do TJ-RS.

    Segundo a petição inicial a dona de casa preparou almôndegas ao molho de tomate para o almoço da família e só percebeu que havia um objeto estranho no interior da lata quando foi guardar o restante que havia ficado na lata do extrato de tomate da marca Elefante em outra vasilha, logo após o almoço.

    A consumidora relatou ainda que encontrou no fundo da lata um pouco de mofo e a camisinha no meio do molho. O fato causou nojo, náuseas e vômitos em seus familiares.

    A cliente reclamou a situação junto a empresa por meio telefônico. A empresa informou que iria substituir a lata por outra e que “a consumidora procurasse os seus direitos”.

    Com laudo da sede da Univates, em Lajeado, a consumidora ingressou com ação de indenização por danos extrapatrimoniais sofridos com a ingestão do produto.

    Laudo pericial apontou que “a camisinha encontrada dentro da lata de extrato de tomate estava com a ponta amarelada”.

    Em sua defesa, a empresa contesta a reclamação alegando que a produção é totalmente automatizada sem a interferência humana.

    Mas o juiz condenou a empresa levando em consideração que “a empresa não negou a existência de profissionais que acompanham o processo e que podem intervir a qualquer momento em razão de algum descontrole no programado”.

    O juiz concluiu que “os danos morais causados à autora são evidentes, à medida que passou por momento de profundo desgosto, inclusive tendo sido afetado o restante da família após a refeição e diante da cena grotesca enfrentada”.

    Pelos critérios da sentença, a condenação atualizada e com juros chega a R$ 11.600,68. (As informações são do Espaço Vital)

    Publicado por jagostinho @ 16:17



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Uma resposta

WP_Cloudy
  • Míriam Disse:

    Inacreditável . Até na massa de Tomate ? Já não bastam nos bueiros, cantos de escolas, vasos sanitários das repartições, cantos de ruas …..Que situação!!

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.