Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 26jul

    UOL/NOTÍCIAS

    O manifesto de 1.500 páginas publicado na internet pelo atirador norueguês, Anders

    Atirador Anders Behring Breivik deixa a corte de Oslo após primeira audiência com a Justiça do país. Encontro durou apenas 35 minutos e ocorreu a portas fechadas

    Behring Breivik, traz pelo menos 12 referências ao Brasil.

    Breivik, acusado de ser o autor de dois massacres que deixaram 76 pessoas mortas no país, foi formalmente acusado por terrorismo.

    O texto, escrito em inglês e intitulado “A European Declaration of Independence – 2083” (Uma declaração de Independência Europeia – 2083), cita o Brasil ao falar dos motivos que levam os conservadores a se oporem à miscigenação e adoção por não europeus.

    “A razão da nossa preocupação e oposição deve-se ao fato de que a imigração massiva, a mistura racial e a adoção por não europeus são uma ameaça à unidade da nossa tribo (…). Primeiramente, um país que tem culturas competitivas vai se dilacerar ou vai acabar como um país disfuncional, como o Brasil e outros países”, escreve Breivik.

    De acordo com o norueguês, essa diferença social é responsável pela corrupção e pelos altos índices de criminalidade em países como o Brasil, e ele afirma que para oferecer o melhor aos cidadãos, um país depende de cinco fatores: eliminar a presença do islamismo, ter etnia homogênea, oferecer boa educação para toda a população, políticas conservadoras e nacionalistas e livre mercado.

    Em outros trechos, ele diz que entre as “soluções para prevenir o genocídio das tribos nórdicas”, os “conservadores devem tomar o poder político e militar através de uma combinação de luta armada e democracia”.

    As outras referências feitas ao Brasil aparecem no tópico em que o norueguês fala sobre a fabricação de explosivos, alertando para o cuidado na hora de manusear materiais radioativo.

    Nesse tópico ele cita o acidente ocorrido em Goiânia, na década de 80, mais conhecido como acidente com o Césio-137.

    O Brasil também aparece no trecho em que o atirador fala do uso de golpes para a tomada de poder em alguns países. Ele diz que “em 1889 o Brasil se tornou uma república após um golpe de Estado”.

    O texto, publicado na internet, inclui ainda um manual sobre como montar bombas e um discurso contra o Islã e o marxismo, várias referências históricas, detalhes da personalidade de Breivik, seu modus operandi para fabricar bombas e seu treinamento de tiro, além de um minucioso diário dos três meses que precederam o ataque.

     

     

    Publicado por jagostinho @ 14:23



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.