Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 23jul

    O ESTADO DO PARANÁ

    Mulher do presidente da Câmara, Claudia está empregada na TV Educativa

    Além de ter favorecido a empresa de sua esposa, Claudia Queiroz Guedes, em uma licitação para escolha para prestação de serviços para a Câmara Municipal de Curitiba em 2006, o presidente da casa, o vereador João Claudio Derosso (PSDB), também a beneficiou com cargos públicos.

    Atualmente, a jornalista está empregada no governo do Estado. Além disso, a mãe dela, sogra de Derosso, Noêmia Queiroz Gonçalves dos Santos, também possui um cargo comissionado na Prefeitura de Curitiba.

    Somados, os salários das duas ficam próximos a R$ 6 mil. Jornalista por formação, Claudia está empregada na emissora de televisão do governo do estado, a E-Paraná.

    De acordo com o site do governo, o salário correspondente ao cargo ocupado por ela, assessor DAS-4, é de R$ 3.884,07.

    Já Noêmia está alocada na Secretaria de Direitos da Pessoa com Deficiência como agente público municipal II, código C-7, com vencimentos correspondentes a R$ 1967,44.

    No entanto, a nomeação de ambas não é novidade. Em 2006, mesmo ano em que a licitação para escolha de agências de publicidade foi realizada, mãe e filha eram funcionárias da própria Câmara.

    Claudia ocupava a função de assessora técnica parlamentar CC-5 e Noêmia, assistente parlamentar CC-10.

    Atualmente, os vencimentos correspondentes a cada um dos cargos, já com os reajustes anuais, é de R$ 4731,61 e R$ 946,34, respectivamente.

    Já em 2010, antes de ser nomeada para o cargo na secretaria municipal, a sogra de Derosso ainda era funcionária da casa.

    Desta vez, era empregada como assistente técnica às comissões, com salário de R$ 1419,50. Ela foi exonerada do cargo para assumir seu posto na administração municipal.

    Para o deputado federal Dr. Rosinha (PT), responsável pela divulgação das informações sobre a nomeação de Claudia e Noêmia em órgãos públicos, durante a tarde desta sexta-feira (22), a relação da família Derosso com o poder público no estado e na capital poderia ser caracterizada como “nepotismo cruzado”.



    Publicado por jagostinho @ 15:19



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.