Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 27mar

    BBC BRASIL

    Centrais sindicais estimam que 200 mil pessoas estejam participando da manifestação, número superior à previsão anterior de 100 mil.

    O policiamento é feito por 4,5 mil homens da Polícia Metropolitana.

    Mais de 600 ônibus foram colocados à disposição para levar pessoas de outras cidades a Londres.

    A marcha estava prevista para ir da estação de Victoria Embankment até o Hyde Park, onde um comício estava previsto para as 13h30 locais (10h30 em Brasília).

    Entre os participantes do comício, está o líder da oposição trabalhista, Ed Miliband.

    Ministros do governo afirmam que os cortes de gastos são necessários para controlar as finanças públicas, e cobram de seus opositores que apresentem uma alternativa a estas medidas.

    Preocupação da polícia

    Antes da manifestação, havia preocupações em relação a violência e desordem. Vários grupos utilizaram fóruns na internet para convocar a ocupação de prédios na região do West End londrino.

    A Polícia Metropolitana afirma que colocou diversos homens em locais estratégicos da cidade, como o prédio do Tesouro e a entrada de Downing Street, onde fica a residência oficial do primeiro-ministro.

    A polícia também pediu que comerciantes aumentassem sua segurança e mantivessem longe do público itens como escadas e latas de lixo, para evitar que eles fossem usados como armas.

    Apesar disto, o correspondente de política da BBC Brian Wheeler afirma que o clima na zona central de Londres era bastante amigável na manhã deste sábado. Brigas isoladas ocorreram em Oxford Street, com uma pessoa detida.

    “O barulho em Whitehall (área no centro da cidade) é ensurdecedor, enquanto milhares de manifestantes tocam tambores, soam apitos e gritam slogans contra os cortes, indo devagar em direção a Trafalgar Square”, disse Wheeler.

    “A multidão vaiou ao passar pelo número 10 de Downing Street, mas a manifestação é pacífica e amigável”, afirmou o repórter, que notou a presença de muitos sindicalistas e funcionários públicos.

    Ônibus

    O maior sindicato envolvido no protesto, o Unite, afirma que o número de seus filiados que queria participar da manifestação era tão grande que não foi possível encontrar ônibus suficientes para levar todos a Londres.

    “A nossa alternativa é focar no crescimento econômico por meio de justiça tributária”, disse à BBC o secretário-geral do Unite, Len McCluskey.

    “Se o governo fosse corajoso o suficiente, ele acabaria com a evasão fiscal que rouba dos contribuintes um mínimo de 25 bilhões de libras (R$ 66,5 bilhões) por ano”.

    O ministro da Educação, Michael Gove, afirma que entende a raiva dos manifestantes, mas defendeu os cortes.

    “A dificuldade que temos, com o governo herdando uma terrível bagunça econômica, é que temos que dar passos para colocar as finanças em equilíbrio”, afirma.



    Publicado por jagostinho @ 14:26



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.