Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 13mar

    Radar on-line/Lauro JardimVeja.com

    Uma solução a jato para a Embraer

    Boa vontade – Dilma: os chineses prometem dar boas notícias sobre a fábrica da Embraer 

     

    Aparentemente, foi resolvido o tremendo abacaxi que se tornou a operação da Embraer na China.

    Antonio Patriota e Fernando Pimentel trouxeram na bagagem da visita a Pequim a certeza de que o governo chinês topa a solução por eles proposta para que a fábrica não feche as portas por falta de encomendas.

    A unidade, que tem uma estatal chinesa como sócia, passaria a produzir o jato executivo Legacy 600, aproveitando a demanda de um mercado coalhado de novos-ricos.

    Hoje, a Embraer produz (“produz” é modo de dizer; a fábrica está parada) jatos médios para empresas regionais de aviação.

    O o.k. dos chineses só será anunciado em abril, durante a visita de Dilma Rousseff.


    “Fique tranquilo”

    Bom humor – Palocci: ironias com a agonia peemedebista 

     

    Depois de transferir diversas atribuições da Casa Civil para outras pastas, Antonio Palocci passou a delegar ao máximo as tarefas administrativas e jurídicas para a sua Secretaria-Executiva.

    Assim, tem conseguido passar a maior parte do seu tempo em contato com políticos e representantes da iniciativa privada — além, é claro, de reuniões com a própria Dilma Rousseff.

    Aliás, quando percebe certa ansiedade nos peemedebistas por causa das nomeações de afilhados políticos ainda não publicadas no Diário Oficial, Antonio Palocci costuma soltar a seguinte provocação:

    “Fique tranquilo, vamos concluir as alterações nas estatais até 2014”.

    Torrente de patrocínios

    Craque outdoor – Neymar: o queridinho dos patrocinadores 

     

    A Nike renovou seu contrato de patrocínio com Neymar até a Copa de 2022.

    O craque vai receber 1 milhão de dólares por ano, no mínimo.

    Se o seu desempenho for bom, o valor subirá.

    Libera ou não libera?

    Nos tribunais Xuxa: inquieta com a nudez de trinta anos atrás 

     

    Amor Estranho Amor, lançado em 1982 e fora do mercado há duas décadas, torna a assombrar Xuxa.

    A apresentadora tem horror à ideia de que o filme volte a ser exibido. Nele, além da nudez, há uma cena de sexo entre a então jovem Xuxa e um adolescente.

    Sem alarde, desde o fim do ano passado tramita na Justiça do Rio de Janeiro uma ação do produtor Anibal Massaini requerendo os direitos de exibição do filme de volta.

    Ele quer relançá-lo. Massaini alega que Xuxa não honrou o depósito anual de 60 000 dólares nem formalizou na data devida o interesse na renovação do contrato que cedeu os direitos do filme à apresentadora.

    Por isso, na visão de Massaini, o acordo estaria extinto.

    Xuxa já entrou com um recurso para que Amor Estranho Amor continue cheio de poeira nas prateleiras.

    Obama, os vips e os supervips

     

    O discurso do presidente americano, Barack Obama, a céu aberto no centro do Rio de Janeiro, programado para o dia 20, terá uma área para 500 vips e cinquenta supervips, que se posicionarão ainda mais perto do palanque.

    Mais atrás ficarão outros 2 000 convidados ilustres — mas menos vips.

    Está aberta, portanto, a disputa para chegar mais perto de Obama.

    Publicado por jagostinho @ 09:44



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Uma resposta

WP_Cloudy
  • Cesar Teixeira Disse:

    Se me lembro, Lula fez um discurso inflamado durante sua campanha de 8 anos contra os empregos que o Brasil gera lá fora e até tomou como exemplo a produção de navios e plataformas brazukas em outras terras, que geravam “milhares” de empregos nos países, hã, hum, deixa ver, … , asiaticos!!! A China fica na Asia?

    Avião pode, navio, não!

    Mas não deve ser nada, não! Nós só vamos transferir o know how da Embraer (3ª maior produdora mundial de aviões de médio porte) para a emergente 2ª economia do mundo.

    Daqui 2 anos, para que a China vai querer a gente mesmo? Ensinar os “segredos” do futebol?

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.