Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 13mar

    Estadão

    Deputados investigados na Justiça e envolvidos em escândalos no Congresso estão entre os primeiros indicados para o Conselho de Ética da Câmara.

    O colegiado deve ser instalado na quarta-feira e terá como primeiro desafio analisar a conduta da deputada Jaqueline Roriz (PMN-DF), flagrada em vídeo recebendo dinheiro do ex-secretário de Relações Institucionais do Distrito Federal Durval Barbosa, pivô do ‘mensalão do DEM’.

    Até ontem, foram indicados 10 dos 30 membros titulares e suplentes do colegiado.

    Desses, dois tem pendências com a Justiça, um ganhou destaque pela contratação de parentes e outros dois se notabilizaram em casos de colegas absolvidos.

    Veterano no conselho, Abelardo Camarinha (PSB-SP) é réu em quatro ações no Supremo Tribunal Federal, além de ser investigado em seis inquéritos.

    Ele responde a processos por crime ambiental, de responsabilidade, contra a lei de licitações e contra a honra.

    Na lista dos inquéritos estão acusações por crimes contra a ordem tributária, finanças públicas, de responsabilidade e improbidade administrativa.

    Camarinha minimiza a quantidade de processos. Ele diz que as pendências são relativas às suas gestões como prefeito de Marília e alega ser inocente.

    ‘Se a Madre Tereza de Calcutá fosse prefeita, também teria seis ou sete processos.’

    O deputado admitiu deixar o conselho se for questionado sobre os processos aos quais responde. Ele defende a abertura de processo contra Jaqueline Roriz.

    ‘Se eu ficar no conselho, vou ser favorável que se apure, porque aquele dinheiro não tem origem nem foi declarado à Justiça Eleitoral’, disse.

    Família. Marcos Medrado (PDT-BA) é alvo de inquérito por crime eleitoral, quando presidiu o diretório estadual do PP. Ele alega inocência.

    Medrado disse não ter muitas informações sobre o caso da deputada, mas afirmou que a família Roriz tem ‘histórico conhecido’ e que não vai ‘proteger’ ninguém.

    Questões de família também envolvem outro deputado. Vilson Covatti (PP-RS) praticava nepotismo, contratando cunhados.

    Obrigado a demiti-los após decisão do STF, o deputado nomeou concunhadas. Sob pressão, ele também as exonerou.

    Histórico. O histórico recente do Conselho de Ética é de absolvições. José Carlos Araújo (PDT-BA) assumiu a presidência do colegiado em 2009 e deve ser reconduzido ao posto.

    De lá para cá, nenhum parlamentar foi punido. Edmar Moreira (PR-MG), conhecido como ‘deputado do castelo’, foi absolvido da acusação de usar verba indenizatória para contratar empresas de sua família, em relatório assinado por Sérgio Brito (PSC-BA).

    Diante desse histórico, Araújo quer retomar um projeto de reforma que amplia os poderes do conselho e prevê que atos anteriores à posse do parlamentar possam motivar cassação.

    ‘Nessa linha, teremos de apurar as acusações contra a deputada Jaqueline Roriz’, afirmou Araújo.

    Publicado por jagostinho @ 11:31



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

2 Respostas

WP_Cloudy
  • Cesar Teixeira Disse:

    É meu amigo.
    E tem também aqueles que, apesar das mumunhas, ganham cargos nunca dantes vistos, dentro do executivo, mesmo sendo réus.
    Uma coisa é o corporativismo intra-muros. Outra, bem mais grave, é corroborar com o errado gratificando-o com prebendas e sinecuras.

    Ah! Mas no petismo isso não é errado. Só nos outros.

  • MÍRIAM Disse:

    EU AQUI FIQUEI PENSANDO NA PALAVRA PREBENDAS,DO SR TEIXEIRA , POIS ,SE TIVESSE MORRIDO HJ, SUBIRIA AOS CÉUS SEM LEVAR ESTA COMIGO.

    ……PREBENDAS E SINECURAS…..COMO SOU UM PONTO DE INTERROGAÇÃO AMBULANTE, FUI AO
    HOUAISS, QUE CONSIDERO , O MELHOR ,E LÁ FIZ MINHA CONSULTA:

    PREBENDAS SINONÍMIA DE SINECURA,
    SINECURA SINONÍMIA DE,PREBENDA ,TRIBUNECA….

    AMBAS SE REFEREM A VANTAGENS NOS MEIOS ESCLESIÁSTCOS, E, NO SENTIDO FIGURADO,DENTRE OUTROS, CARGO RENDOSO QUE EXIGE POUCO TRABALHO.
    FONTE : DIC. HOUAISS DE LÍNGUA PORTUGUESA.

    ENTÃO PENSEI:PREBENDAS E SINECURAS NÃO SERIAM DUAS PALAVRAS COM A MESMA SINONÍMIOA E TERIAM SIDO UTILIZADAS COMO ELEMENTO MARCADOR DE UMA GRANDE INDIGNAÇÃO?
    BEM, VALEU…..E ENRIQUECI UM TANTINHO MAIS.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.