Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 09mar

    FONTE: SITE DA PREFEITURA DE ARAUCÁRIA

    Na semana passada, o controlador geral do Município, Carlos Bertan, apresentou, em audiência pública, os números referentes à prestação de contas do 4º e último quadrimestre de 2010 da Prefeitura de Araucária.

    O evento foi realizado no Plenário da Câmara Municipal e contou com a presença de vereadores, secretários e diretores municipais, além de representantes sindicais, entidades de classe e a comunidade em geral.

    A realização, das audiências, está prevista na Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei Complementar nº 101 de 4 de maio de 2000), por meio de convocação da Comissão de Finanças e Orçamento (CFO), da Câmara Municipal.

    O objetivo é avaliar o cumprimento das metas fiscais do Executivo e do Legislativo, demonstrando transparência nos atos públicos.

    Resultado primário
    Entre outros números, foi apresentado o resultado das receitas fiscais liquidas, de janeiro a dezembro de 2010, que totalizaram um montante consolidado de R$ 506.076.609,72.

    Neste mesmo período, a despesa fiscal liquida foi de R$ 448.878.693,19, resultando um valor primário de R$ 57.197.916,53, cerca de 70% a mais do que havia sido previsto na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), onde trabalhava-se com o valor de R$ 33.615.875,00.

    “O resultado primário indica se os gastos orçamentários do município são compatíveis com sua arrecadação. É a capacidade de cumprir com seus compromissos”, detalhou Bertan.

    Do total das receitas do Município, foram transferidos R$ 61.410.000,00 para as autarquias e instituições de administração indireta – Câmara Municipal, Companhia de Desenvolvimento de Araucária (Codar), Companhia Municipal de Transporte Coletivo (CMTC) e Companhia de Habitação (Cohab) de Araucária.

    Investimentos
    O controlador destacou os investimentos, do governo municipal, empenhados no ano passado.

    Abrangendo as mais diversas áreas de desenvolvimento, entre eles a aplicação de 26,16% na manutenção e desenvolvimento do ensino fundamental e 16,61% nas ações de saúde, ficando acima da porcentagem mínima determinada pela Constituição Federal.

    Despesa com pessoal
    Os gastos consolidados com a folha de pagamento em 2010 alcançaram 42,65% da receita corrente líquida, somando R$ 194.577.430,34.

    “Todos os índices diminuíram (porcentagem de gasto com folha de pagamento, resultado primário, despesas com educação, saúde, por exemplo) devido o grande ganho de ISS no último quadrimestre de 2010.

    Até agosto a receita vinha se mantendo estável, mas no período de setembro a dezembro tivemos um ganho de cerca de R$ 35 milhões em ISS, em consequência da ampliação da Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar).

    Mas, não podemos nos basear e contar com os valores deste tributo, por ser instável. Para exemplificar, se a receita tivesse se mantido até o final de 2010 a despesa com pessoal representaria 46,27%, ou seja, 3,62% a mais do fechamento.

    Em tempo
    Conforme disposto na Lei, as metas fiscais do Poder Executivo devem ser demonstradas quadrimestralmente.

    A próxima audiência pública para prestação de contas do 1º quadrimestre de 2011 está prevista para ser realizada em maio.

    Publicado por admin @ 12:43



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

3 Respostas

WP_Cloudy
  • Rafael Disse:

    Fazia tempo que não ia para Araucária. E vi do que gostei. Melhorias e transformações. Parabens ao Zezé e sua equipe!!

  • Fidelis Disse:

    E o hospital vai funcionar ou não? Que barbaridade!!!

  • Clélia Disse:

    Tenho orgulho de nossa cidade. Limpa, bem cuidada e transito legal. Viva Araucária !!!

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.