Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 04jul

    FOLHA ONLINE

    –/Simpatizantes do governo interino e ressentidas com a pressão internacional, as principais entidades empresariais de Honduras prometem “resistir” a um eventual embargo econômico contra o segundo país mais pobre da América Central.

    Segundo empresários ouvidos pela Folha, a avaliação é de que a pressão seja apenas durante os seis meses do “governo de transição”. Pelo calendário eleitoral, que o presidente interino, Roberto Micheletti, vem prometendo respeitar, haverá eleições presidenciais em 29 de novembro, e o novo mandatário do país assumirá dois meses mais tarde.

    “Preferimos seis meses de sanções a dez anos de ditadura ao estilo chavista”, disse, em entrevista, Alejandro Alvarez, vice-presidente do Conselho Hondurenho da Empresa Privada (Cohep), organização guarda-chuva que reúne 62 organizações empresariais de setores como meios de comunicação e construção civil.

    Alvarez diz não acreditar que haja sanções econômicas dos Estados Unidos, o principal parceiro comercial do país. Mas diz que sua entidade já prevê um plano de contingência que pode envolver corte de salários e redução de importações, entre outras medidas./–

    ANALISANDO :- Sei que muito gente vai fazer cara feia, mas eu não acredito em democracia “de mentirinha”. E têm muitas nas nossas Américas. Um presidente que chega ao poder pelo voto popular e depois quer perpetuar-se, na base da fraude, mentira e violência, não tem mais legitimidade.

    Há que se respeitar o povo de Honduras.  Essa história de golpe é muito manjada. Quem desobedeceu a Constituição e o Poder Judiciário foi o ex-presidente Zelaya.

    Queria porque queria fazer uma consulta popular, que nada mais era do que permanecer no poder. A Corte Suprema de Honduras não permitiu.

    Estava tentando iniciar uma manobra, estilo Chavez. Ditadura , com todas as letras negras e manchadas de sangue. A sociedade reagiu e com os instrumentos legais que tinha, botou mais um  caudilho a correr.

    Quem sustenta um país?  O povo, com seu trabalho e os empresários, com seus investimentos. O resto é penduricalho. Se os empresários hondurenhos preferem seis meses de sanções e embargos a dez anos de ditadura ao estilo Chavez, deixem Honduras em paz! 

    Honduras

    Honduras

    Publicado por jagostinho @ 16:11



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

7 Respostas

WP_Cloudy
  • Douglas Disse:

    é só ver quem defende o cara q foi enxotado: Chavez, Morales, aquele baguá do Equador, A kircner, Axo q até múmia do fidel castro.

  • geraldo Disse:

    que o Lula n se meta nessa. Deixem o povo de lá trabalhar sossegado

  • nelson Disse:

    Gozado né. Só ditadorzinho ta preocupado o cara deposto. Eles tem medo q

  • nelson Disse:

    Gozado né. Só ditadorzinho ta preocupado com o cara deposto. Eles tem medo q a moda pegue.

  • gilmar Disse:

    o proximo vai ser o Chavez. Já tiraram uma vez mas os americanos imbecis colocaram ele de novo. Coitado do povo venezuelano

  • junior Disse:

    fora chavez e sua corja de caudilhinhos

  • reinaldo Disse:

    se esse cara q foi enxootado com pontapé na bunda kiser voltar vai pro paredão.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.