Noronha não gostou do que ouviu e abandonou o evento logo após a composição da mesa, a despeito dos esforços diplomáticos do vice-prefeito Eduardo Pimentel para que permanecesse em “nome da nossa amizade”.

Criado o mal estar pela generalização do comentário – que atingiu toda a categoria profissional – Greca tentou remediar: nesta segunda-feira (27) foi à sede da OAB para pedir desculpas ao presidente.

Do lado de fora, Greca imaginou que poderia encontrar uma fila de outros indignados representantes de categorias profissionais – dos médicos, por exemplo – que esperavam do prefeito o mesmo gesto nobre de pedir desculpas.