Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 15fev

    Secretário da Justiça visita menores que estão cumprindo medidas socioeducativas

     

     

    O secretário da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf), Ney Leprevost, visitou nesta quinta-feira (14) os menores que estão cumprindo medidas socioeducativas no Centro de Socioeducação (Cense) Curitiba.

    A unidade é responsável pela execução da medida socioeducativa de crianças e adolescentes com idade entre 12 e 18 anos incompletos, encaminhada por ordem judicial.

    O Cense Curitiba, a exemplo de outras localizadas no interior do Estado, está sendo beneficiado com roupas novas para os meninos, mobiliário adequado e equipamentos.

    Os internos vão receber, ainda no primeiro semestre deste ano, novos itens de vestuário (camisetas, bermudas, regatas, calças de moletom, conjunto de agasalho, jaquetas, tênis, chinelos, roupas íntimas) e, ao longo do ano, três mil novos colchões serão destinados a todas as unidades socioeducativas do estado, que englobam 19 Centros de Socioeducação e oito Casas de Semiliberdade.

    “Os investimentos ultrapassam R$ 1,2 milhão”, informou Ney Leprevost, anunciando que as unidades terão em breve novos rádios comunicadores e outros equipamentos mais modernos para a revista de visitantes às unidades, explicou. 

    “Vamos trabalhar com ressocialização; junto com o Coronel Pancotti, diretor da área, iremos melhorar todas as instalações dos Censes, melhorar a segurança, comprar materiais para as professoras poderem trabalhar com as crianças e adolescentes em mais aulas de artes e música, vamos comprar mais livros para as bibliotecas das unidades”.

    “Esse é um grande desafio que estamos assumindo aqui. É uma tarefa hercúlea, mas com o apoio do governador Carlos Massa Ratinho Júnior e de todos os envolvidos nos vamos conseguir”, disse o secretário.

    Para o diretor do Departamento de Atendimento Socioeducativio (Dease) da Sejuf, David Antonio Pancotti, os novos itens garantem a qualidade no atendimento e melhores condições de higiene, segurança e educação para os adolescentes cumprirem a medida socioeducativa, quando sob a tutela do Estado.

    Os itens de vestuário são utilizados pelos adolescentes durante o tempo de cumprimento de medida. Estão incluídos itens de verão e inverno, bem como calçados, que são de utilização no cotidiano das Unidades Socioeducativas.

    Os colchões que serão entregues fazem parte do planejamento de compras da pasta para o suprimento das unidades, sendo produtos de materiais específicos, antichamas e antimofo e que permita maior salubridade e redução de possíveis intercorrências no ambiente de segurança das Unidades Socioeducativas.

    As entregas tiveram início com entrega de 240 colchões para os Cense Foz do Iguaçu; Cascavel I e II e Casa de Semiliberdade de Cascavel.

    Previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente, as medidas socioeducativas são aplicadas quando verificada a prática de ato infracional.

    Podem ir desde a advertência; obrigação de reparar danos; prestação de serviços à comunidade; liberdade assistida; até a inserção em regime de semiliberdade ou a internação em estabelecimento educacional.

    Cabe ao Estado a gerência das medidas de privação de liberdade, em espaços adequados à prática que, no Paraná, são os Centros de Socioeducação.

    Pedro Mariucci Neto

    Assessoria de Imprensa

  • 15fev

    AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

     

    Cidades terão obras estruturantes, urbanização e banco de projetos

     

    Governador Carlos Massa Ratinho Júnior dá posse ao secretário do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas, João Carlos Ortega - Curitiba, 14/02/2019 - Foto: Rodrigo Felix Leal/ANPr

     

    Atenção a regiões com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e a regularização e urbanização de áreas nas cidades paranaenses estão entre as prioridades do Governo do Estado na política para os municípios, segundo o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

    A afirmação foi feita nesta quinta-feira (15), na solenidade de posse do secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, João Carlos Ortega.

    “Vamos criar um grande projeto de desfavelamento das cidades do Paraná, urbanizar áreas que as pessoas nem imaginam que um dia poderá chegar asfalto, dar regularização fundiária e levar iluminação pública. É isso que justifica o nosso trabalho”, afirmou o governador.

    Ratinho Junior também destacou a importância do planejamento para a execução de projetos estruturantes nos municípios.

    O Governo do Estado, explicou, prepara um banco de projetos executivos para obras de infraestrutura e estruturantes nos municípios, em especial os de médio e grande porte.

    “São cidades que precisam melhorar sua parte urbanística. Temos as regiões metropolitanas que estão cada vez mais conurbadas, estão se juntando e precisam ser planejadas”, afirmou.

    “Vamos investir muito nessa área para poder assessorar os prefeitos do Paraná”, disse.

    BAIXO IDH – O secretário João Carlos Ortega ressaltou que entre as prioridades da pasta estão projetos nos municípios com baixo IDH, com obras e estruturas que contribuam com a geração de emprego e o desenvolvimento local.

    “Vamos implementar programas para buscar as vocações regionais, com um olhar mais pontual nas regiões com baixo IDH”, disse.

    “A pasta vai ser indutora do crescimento nos municípios, para beneficiar a vocação econômica de cada cidade”, disse Ortega.

    “A prioridade é levar as obras estruturantes, desde pavimentações, equipamentos e construções civis, que tenham um viés social e possam contribuir para girar a economia local e regional”, afirmou.

    TURBINAR – Investimentos e parceria com as prefeituras para a melhoria da infraestrutura das cidades são foco da Secretaria do Desenvolvimento Urbano, ressaltou Ratinho Junior.

    “Queremos avançar e turbinar o orçamento da secretaria porque sei da importância dela para os prefeitos e para a melhoria da qualidade de vida da população paranaense”, afirmou.

    Ele também comentou sobre sua experiência como secretário da pasta e ressaltou a importância do corpo técnico da secretaria, responsável por ajudar os prefeitos a solucionar os problemas dos municípios.

    “A experiência que tive na Secretaria do Desenvolvimento Urbano me deu uma visão de planejamento. Eu senti na pele a falta de planejamento nos municípios, não por má vontade, mas por não terem condições de elaborar um projeto executivo ou um bom plano diretor”, disse Ratinho Junior.

    PRESENÇAS – Participaram da solenidade os secretários da Casa Civil, Guto Silva; da Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara; do Desenvolvimento Sustentável e Turismo, Marcio Nunes; e do Planejamento, Valdemar Bernardo Jorge; o superintendente executivo do Paranacidade, Álvaro Cabrini Junior; os diretores-presidentes da Comec, Gilson de Jesus dos Santos; e da Agepar, Ormar Akel; os presidentes da Sanepar, Claudio Stabile; da Fomento Paraná, Heraldo Neves; da Cohapar, Jorge Lange; e da Compagas, Rafael Lamastra Junior; o controlador-geral do Estado, Raul Siqueira; e os deputados estaduais Nelson Justus, Goura, Luiz Felipe Guerra, Alexandre Curi, Anibelli Neto, Gilson de Souza e Soldado Adriano.

  • 13fev

    BEM PARANÁ

     

    Novo secretário, Ney Leprevost promete priorizar crianças

     

    Ney Leprevost, ontem, na posse
    Ney Leprevost, ontem, na posse (Foto: Arnaldo Alves/ANPr)O novo secretário de Estado da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost (PSD), foi empossado pelo governador Ratinho Júnior (PSD) nesta terça-feira (12), em Curitiba. Leprevost destacou que as bases de sua gestão serão eficiência, inovação, probidade administrativa e excelência nos serviços sociais, com ênfase à defesa das crianças paranaenses.

    “Estou muito feliz em ter Ney Leprevost como parte da equipe que vai fazer do Paraná um estado moderno e exemplo para o Brasil”, disse o governador.

    À frente da secretaria, Leprevost determinou a implantação de áreas focadas em inovação, compliance e combate à corrupção.

    Apesar das diversas áreas e projetos, envolvidos, ele disse que elegeu a infância como a grande prioridade da pasta nos próximos anos, especialmente na faixa etária entre zero e seis anos de idade.

    “Nossa primeira ação será o lançamento de uma força-tarefa de prevenção e combate ao crime contra a criança”, disse.

    “Me preocupo muito com a violência física, sexual, tortura, negligência, abandono e o trabalho infantil”.

    A força-tarefa será comandada pelo novo diretor do Departamento da Justiça, Felipe Hideo Hayashi.

    Fusão – O secretário lembrou que a gestão começou com o enxugamento de gastos – apenas a cessão da Casa Rosada para a Polícia Militar economizou R$ 200 mil mensais em aluguel.

    “Além disso, diminuímos de quatro diretores e quatro chefes de gabinete para apenas um representante e devolvemos 70 cargos em comissão para a Casa Civil”.

    Leprevost falou ainda sobre a importância dos conselhos de direito, da área do idoso – que terá a missão de melhorar a qualidade de vida deste público – e da relevância da qualificação e requalificação de jovens e adultos para o mercado de trabalho.

    A nova pasta é fruto da fusão das secretarias da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos e da Família e Desenvolvimento Social, conforme reforma administrativa encaminhada pelo Governo do Estado à Assembleia Legislativa.

  • 13fev

    AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

     

    Governador apresenta programa estadual de compliance na CGU

     

    O governador Carlos Massa Ratinho Junior reuniu-se nesta terça-feira (12), em Brasília, com o ministro da Controladoria-Geral da União, Wagner de Campos Rosário, para apresentar o Programa Estadual de Integridade e Compliance, do Governo do Paraná. O controlador-geral do Estado, Raul Siqueira, também participou.Foto: Rodrigo Felix Leal/ANPr

     

    O governador Carlos Massa Ratinho Junior reuniu-se nesta terça-feira (12), em Brasília, com o ministro da Controladoria-Geral da União, Wagner de Campos Rosário, para apresentar o Programa Estadual de Integridade e Compliance, do Governo do Paraná.

    O controlador-geral do Estado, Raul Siqueira, também participou.

    O Programa Estadual envolve a concepção, implementação e monitoramento de políticas, procedimentos e práticas em torno do respeito à moralidade e eficiência administrativa.

    O Paraná é o primeiro estado a implementar um programa desta natureza, no sentido de avançar para que todos os órgãos públicos tenham o compliance.

    “O objetivo é garantir mais transparência à prestação de serviços para o cidadão e também em licitações e contratos feitos pelos órgãos públicos com a iniciativa privada e prestadores de serviços”, disse o governador.

    A implementação do programa começou pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística, que tem um alto volume de contratos. Será estendido na sequência às demais pastas.

    O ministro destacou o Estado pela maturidade da proposta e metodologia empregada no programa.

    Wagner Rosário avaliou que o Paraná está neste momento em um nível superior aos outros estados em relação ao combate à corrupção, prevenção e programa de compliance.

    Ele afirmou, ainda, que é nessa linha que o governo federal atuará.

    “Apresentamos também a proposta única do Due Diligence, que nenhum estado utiliza e é superinovadora”, relatou o controlador-geral do Estado, Raul Siqueira.

    A prática consiste numa avaliação de risco prévia a qualquer contratação, aquisição ou parceria.

    ÉTICA E CIDADANIA – No encontro, foi proposto que a CGE seja o braço paranaense do programa “Um por todos e todos por um”, desenvolvido pela CGU com apoio do Instituto Mauricio de Sousa.

    O objetivo é elaborar e disseminar uma agenda de promoção da ética e da cidadania a ser adotada por escolas no âmbito da sala de aula.

    “Vamos começar no ensino básico e colocar esse programa dentro das universidades para fomentar a cultura do controle social sobre a administração pública”, detalha Siqueira.

    O governador convidou o ministro para participar de um evento em Curitiba, no próximo dia 20, com diretores de escolas e secretários municipais de educação.

    COMBATE À CORRUPÇÃO – Também na tarde desta terça-feira (12), o governador e o controlador-geral se reuniram na capital federal, com o diretor executivo da Transparência Internacional, Bruno Brandão.

    Além da apresentação do programa de compliance, foi tratada a adequação ao Paraná de algumas das Novas Medidas Contra a Corrupção, elaboradas pela ONG com foco no governo federal.

    Uma destas ações que o Estado está implementando é agregar todos os processos licitatórios no Portal da Transparência.

    PONTA GROSSA – A agenda em Brasília também incluiu uma reunião do governador Ratinho Junior com o secretário nacional da Aviação Civil, Ronei Saggioro Glanzmann.

    No encontro, foi confirmado o investimento de R$ 35 milhões em infraestrutura do Aeroporto Municipal de Ponta Grossa.

    O prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel, e o secretário de Estado da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, participaram da reunião.

    “O aeroporto é importante não só para Ponta Grossa, mas para a região, para o desenvolvimento do Paraná”, disse Ratinho Junior.

    Ele disse que o objetivo do governo é fortalecer a infraestrutura do Paraná e nesta estratégia entram os aeroportos regionais, que contribuem para estimular o desenvolvimento.

    O aeroporto de Ponta Grossa receberá melhorias no terminal de passageiros, estacionamento de veículos, taxiway – espaço para deslocamento em solo e/ou manobra de aeronaves–, pátio e área de giro de aeronaves.

  • 12fev

    AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

     

    Governador destaca empreendimento de R$ 120 milhões em Ponta Grossa

     

    O governador Carlos Massa Ratinho Junior se reuniu com diretores da multinacional Mars Petcare nesta segunda-feira (11) para discutir detalhes de um novo investimento da companhia em Ponta Grossa na região dos Campos Gerais. A empresa, líder mundial na produção de alimentos para cães e gatos, investirá R$ 120 milhões na instalação da segunda unidade no município.Foto: Rodrigo Felix Lea/ANPr

     

    O governador Carlos Massa Ratinho Junior se reuniu com diretores da multinacional Mars Petcare nesta segunda-feira (11) para discutir detalhes de um novo investimento da companhia em Ponta Grossa na região dos Campos Gerais.

    A empresa, líder mundial na produção de alimentos para cães e gatos, investirá R$ 120 milhões na instalação da segunda unidade no município. Cerca de 100 empregos diretos e indiretos serão gerados.

    Ratinho Junior destacou a importância do investimento para a cidade e para o Paraná, ressaltando que a nova planta se soma aos R$ 165 milhões que a multinacional aplicou para erguer a primeira unidade.

    A geração de emprego também é um fator destacado pelo governador.

    Segundo o governador no primeiro mês de gestão cerca de 40 empresas de grande porte apresentaram projetos para instalar unidades no Paraná.

    “Estamos criando um ambiente de negócios favorável para o Estado”, disse Ratinho Junior.

    Ele lembrou que na última semana cerca de 100 investidores estiveram reunidos em Curitiba no Paraná Day, evento inédito no País realizado em Curitiba pela XP Investimentos.

    “Tivemos a oportunidade de apresentar o Paraná para o País e o mundo”, afirmou.

    EXPORTAÇÃO – A nova unidade da Mars vai industrializar produtos semi-manufaturados e terá foco na exportação.

    O presidente da empresa, José Carlos Rapacci, declarou o motivo de ter escolhido novamente o Estado.

    “O Paraná e a cidade de Ponta Grossa oferecem condições de mercado consumidor, formação de mão-de-obra, elementos favoráveis para os nossos investimentos”, disse.

    O prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel, agradeceu a parceria com o governo estadual para que a empresa Mars se fixe na cidade.

    “O governo do Estado é o principal parceiro de Ponta Grossa”, declarou.

    Para o secretário de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, a localização estratégica de Ponta Grossa e o envolvimento do poder municipal na articulação com a iniciativa privada têm rendido dividendos para a região de Campos Gerais.

« Entradas anteriores