Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 02ago

    RENOVA MÍDIA

     

    Governo Bolsonaro contesta dados de desmatamento

     

    “Sendo dados falsos, é muito grave, porque isso prejudica o comércio brasileiro, prejudica a imagem do Brasil”, afirmou o general Heleno

     

    Governo Bolsonaro contesta dados de desmatamento

     

    Em uma entrevista coletiva em Brasília, nesta quinta-feira, 1º de agosto, o presidente da República, Jair Bolsonaro, contestou dados sobre desmatamento apontados por imagens de satélite usadas no monitoramento ambiental pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

    Além de Bolsonaro, a entrevista contou com a presença dos ministros do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

    O general Heleno afirmou que mesmo que o governo considerasse os dados corretos, seria “conveniente” tratar as informações “internamente” para não alardear:

    “O que preocupa mais aqueles que têm sentimento de brasilidade, que têm um amor pelo país, como todos deveriam ter, é que esses dados prejudicam muito a imagem do Brasil. Se fossem dados corretos, era preocupante e seria conveniente que nós não alardeássemos isso e que nós cuidássemos do problema internamente, procurássemos corrigir o que está errado.”

    Segundo o site G1, o ministro do GSI adicionou:

    “Sendo dados falsos, é muito grave, porque isso prejudica o comércio brasileiro, prejudica a imagem do Brasil, nos coloca como grande destruidor do meio ambiente na humanidade. São imagens que depois ficam muito difícil de resgatar. Isso é o que nos aflige, é a falta de honestidade intelectual.”

    Ao se manifestar, Bolsonaro afirmou que há “gente” dentro do Inpe interessada em denegrir a imagem do país:

    “Não quero afirmar, mas uma notícia como essa [crescimento do desmatamento na Amazônia], que não condiz com a verdade, tem um estrago muito grande na imagem do Brasil. Parece que tem gente interessada nisso, que não é a imprensa, porque o dado saiu lá de dentro [do Inpe], dos órgãos nossos.”

    O presidente completou:

    “Acho até que, aprofundando os estudos, ver se as pessoas divulgaram de má-fé esses informes para prejudicar o governo atual e desgastar a imagem do Brasil.”

    Publicado por jagostinho @ 17:17



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.