Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 23jul

    RENOVA MÍDIA

     

    Pontes reforça críticas ao Inpe por dados sobre desmatamento

     

    Pontes pediu um relatório dos últimos 24 meses sobre os dados do desmatamento. Diretor do Inpe foi convocado para prestar esclarecimentos

     

     

     

    O ministro da Ciência, Tecnologias, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, divulgou nota, nesta segunda-feira (22), defendendo que pesquisas sobre aumento do desmatamento sejam revistas.

    Pontes solicitou ao Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) um relatório com a série histórica de desmatamento dos últimos 24 meses.

    A pasta vai analisar os dados conjuntamente com o Ministério de Meio Ambiente, do titular Ricardo Salles.

    No domingo (21), o presidente da República, Jair Bolsonaro criticou o Inpe, afirmando que os dados sobre desmatamento fazem parte de uma “campanha contra o Brasil“.

    Em entrevista ao jornal Estadão, Ricardo Galvão, presidente do órgão, disse que “Bolsonaro é um covarde”.

    Pontes convocou Galvão para prestar esclarecimentos sobre as declarações dada a imprensa.

    Leia a íntegra do nota emitida pelo ministro Marcos Pontes, conforme reportado pelo site Congresso em Foco.

    Com relação aos dados de desmatamento produzidos pelo INPE, organização pelo qual tenho grande apreço, entendo e compartilho a estranheza expressa pelo nosso presidente Bolsonaro quanto à variação percentual dos últimos resultados na série histórica.

    A contestação de resultados, assim como a análise e discussão de hipóteses, são elementos normais e saudáveis do desenvolvimento da Ciência, suas teorias e metodologias.

    Portanto, o MCTIC está solicitando ao INPE um relatório técnico completo contendo os resultados da série histórica dos últimos 24 meses, assim como informações detalhadas sobre os dados brutos, a metodologia aplicada e quaisquer alterações significativas desses fatores no período

    O relatório será analisado conjuntamente pelos técnicos do MCTIC, do INPE e do MMA, sempre visando a melhoria continuada do monitoramento e preservação ambiental, assim como o aperfeiçoamento das ferramentas e metodologias empregadas no sistema.

    Sobre as declarações do diretor do INPE, organização vinculada ao MCTIC, que foram feitas à imprensa em resposta ao questionamento do Presidente da República Jair Messias Bolsonaro em relação aos dados de desmatamento:

    Embora entenda o contexto do fator emocional, discordo do meio e da forma utilizada pelo diretor, visto que não corresponderam ao tratamento esperado na relação profissional, especialmente com o Chefe do Executivo do País.

    Em consequência, o Diretor do INPE foi convidado pelo MCTIC para esclarecimentos e orientações. A partir dessa reunião serão definidos novos passos.

    Portanto, o tratamento das questões relativas aos dados de desmatamento e as declarações do diretor do INPE está em curso, não havendo no momento mais nada a acrescentar sobre o assunto.

    Havendo desdobramentos significativos em qualquer das questões, eles serão divulgados oportunamente.

    Marcos Pontes

    Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTIC

    Publicado por jagostinho @ 12:33



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.