Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 23jan

    TCE – PR

     

    Presidente, vice e corregedor do TCE-PR no biênio 2019-2020 tomam posse nesta quarta

     

    (Foto: Wagner Araújo/Divulgação TCE-PR)A solenidade de posse do corpo diretivo do Tribunal de Contas do Estado do Paraná no biênio 2019-2020 será realizada nesta quarta-feira (23 de janeiro), às 15 horas, no plenário da corte. Serão empossados os conselheiros Nestor Baptista (presidente), Fabio Camargo (vice-presidente) e Ivens Linhares (corregedor-geral).

    Eles foram eleitos em 12 de dezembro, na última sessão de 2018 do Pleno do TCE-PR.

    Comandada pelo conselheiro Durval Amaral, que presidiu a corte de contas paranaense no biênio 2017-2018, a cerimônia será transmitida ao vivo pelos seguintes meios: TV Assembleia, Portal do TCE-PR na internet, Youtube e Facebook.

    Decano entre os sete conselheiros, Nestor Baptista – que em setembro completará 30 anos como membro do corpo deliberativo – exercerá a presidência do Tribunal pela terceira vez.

    As demais foram nos biênios 1994-1995 e 2007-2008.

    Presidente

    Natural de Ponta Grossa, Nestor Baptista, 70 anos, é advogado e jornalista. Foi deputado estadual por uma década, entre 1979 e 1989, ano em que foi nomeado conselheiro do TCE-PR.

    Na corte, exerceu a presidência duas vezes (1994-1995 e 2007-2008). Foi vice-presidente em três mandatos (2003-2004, 2006 e no atual, 2017-2018) e corregedor-geral em dois (1990-91, 2000-2002 e 2011-2012).

    Vice-presidente

    Fabio de Souza Camargo é natural de Curitiba e tem 45 anos.

    Advogado, foi vereador da capital (2001-2006) e deputado estadual (2007-2013).

    Nomeado conselheiro do TCE-PR em 16 de julho de 2013, é o atual corregedor-geral (gestão 2017-2018).

    Corregedor-geral

    Curitibano, Ivens Zschoerper Linhares tem 49 anos. Advogado, com especialização em Direito Público, atuou como assessor jurídico no Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (de 1991 a 2003) e procurador concursado da Fazenda Nacional (2003-2005).

    Em 2005, foi aprovado em concurso para o cargo de auditor do TCE-PR, no qual permaneceu até 2014, ano em que foi nomeado conselheiro.

    Foi vice-presidente no biênio 2015-2016.

    Publicado por jagostinho @ 10:15



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.