Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 06ago

    BEM PARANÁ/POLÍTICA EM DESTAQUE

     

    PDT usará tempo de Senado para Ciro e confirma apoio a Arruda

     

    PDT usará tempo de Senado para Ciro e confirma apoio a Arruda
    (Foto: Narley Resende) 

    Nos últimos minutos do fim do prazo para o fechamento das atas das convenções partidárias, o PDT decidiu apoiar a candidatura do deputado federal João Arruda (MDB) ao governo do Paraná.

    Atordoado pela desistência do ex-senador Osmar Dias de concorrer ao cargo na véspera da convenção, realizada no sábado (3), o partido delegou à Executiva Estadual a decisão.

    Na convenção, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, adiantou que a prioridade seria a candidatura de Ciro Gomes à presidência da República.

    “O objetivo é garantir palanque para a candidatura nacional de Ciro Gomes, que vem desbravando a bandeira do trabalhismo com coragem, ousadia e preparo”, afirmou Lupi.

    Para isso, o então coordenador da campanha de Osmar, ex-deputado Nelton Friedrich (PDT) será candidato ao Senado e dedicará sua campanha para dar destaque a Ciro no Paraná.

    O deputado estadual Nelson Luersen (PDT), que participou da reunião, confirmou a decisão por volta da meia-noite.

    “Decidimos coligar com João Arruda. Para o Senado será o Nelton. Vamos usar o horário do Senado para dar palanque ao Ciro, quase dois minutos de televisão”.

    “Para o Nelton é bom, terá uma ligação forte. Na proporcional para deputado estadual vetamos o MDB e vamos com SD e PCdoB somente”.

    “E chapão para deputado federal, com os quatro partidos. Essa foi a decisão do PDT”, disse Luersen.

    Até o começo da madrugada de hoje, João Arruda ainda não havia sido notificado oficialmente, mas confirmou que havia recebido a informação da decisão do PDT.

    “São quatro partidos em quatro dias. Lancei minha candidatura na quinta-feira. Tem candidato trabalhando há 2, 3 ou 4 anos, com governo, e teve muito mais dificuldade. E que a aliança prospere”, comemorou Arruda.

    No sábado, na convenção, Carlos Lupi defendeu a candidatura de Friedrich para o governo, mas foi voto vencido.

    Ele comentou a decisão de Osmar Dias em desistir da candidatura ao governo paranaense.

    “Lamentamos essa decisão do senador Osmar. Ontem (sexta, 3), infelizmente, para a nossa surpresa, para a nossa profunda tristeza, questões familiares levaram ele a tomar esta decisão. Respeitamos a decisão porque ninguém pode ser candidato obrigado”, afirmou.

    Friedrich era um dos coordenadores da campanha de Osmar e candidato a deputado federal.

    “Eu estava propenso a disputar mandato porque estou indignado com o que está acontecendo em Brasília e no Paraná. Não posso ficar de braços cruzados e omisso”.

    Publicado por jagostinho @ 12:33



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.