Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 16mar

    LINKIS.COM

     

    A quantidade de sindicatos no Brasil prova que viver de greve também é profissão

     

     

    Parece que foi-se criada uma nova profissão e ninguém ao menos se tocou disso: grevista.

    É óbvio que eu não vou falar mal daquele cara que tem 4, 5 ou 6 filhos para sustentar e recebe mal, e então, decide paralisar seu trabalho para ver se é ouvido e quem sabe receber um aumento ou apenas ter seu salário em dia, isso é óbvio que não será feito, o problema principal que vejo é viver disso.

    O cara que vive em função de greve, de promover greves, esse sim, acaba sendo um estorvo na nossa economia (que já é bem lenta).

    Veja estes gráficos:

    Repare no quanto a CUT arrecadou com imposto sindical, essa mesma CUT tem ligações com o MST que depreda propriedades privadas e fazem “manifestações” com atos terroristas.

    Veja este outro gráfico:

    A CUT é só mais um dos tentáculos do PT, sempre foram financiados por eles e sempre serão, fazem parte de sua militância idiotizada, marginal, chucra e imbecil.

    Inclusive, já deram um jeitinho (brasileiro) de criar sindicato até pro Uber! Acredite se quiser.

    Veja parte do artigo de Vanessa Rodrigues do Instituto Liberal de São Paulo (ILISP), “Motoristas do Uber criam sindicato no Pernambuco e se filiam à CUT”:

    “Em dezembro de 2016, ocorreu na sede do Sindicato dos Bancários de Pernambuco, no Recife, a assembléia de fundação do Sindicato dos Motoristas de Transporte Privado Individual de Passageiros por Aplicativo do Estado do Pernambuco (SIMTRAPLI-PE), reunindo motoristas do Uber, T81 e outros aplicativos.

    O presidente do novo sindicato, Everaldo Galdino Pereira, aproveitou a ocasião para convocar todos os trabalhadores da categoria para se engajar na “luta por melhorias” junto com a Central Única dos Trabalhadores (CUT), entidade ligada ao Partido dos Trabalhadores (PT).

    O evento contou com motoristas que apoiam a causa, líderes sindicais e representantes de outras categorias profissionais.

    O Presidente da CUT, Carlos Veras, foi representado pelo Diretor do Sindicato dos Trabalhadores da Industria de Petróleo-SINDIPETRO, Luiz Lourezon, deixando claro que a CUT irá influenciar diretamente na referida “luta por direitos e melhorias” do SIMTRAPLI-PE.”

    E é claro que junto com os sindicatos, vêm as greves.

    Enquanto o Reino Unido conta com 168 sindicatos, a Dinamarca tem 164 e acredite se quiser:  a Argentina tem 91.

    O que esperar de um país, que hoje, conta com mais de 15 mil sindicatos? Apenas o fracasso econômico.



    Publicado por jagostinho @ 09:15



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.