Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 24ago

    UCHO.INFO

     

    Não bastasse a mitomania que destila no Brasil, Dilma Rousseff mentiu para jornal alemão

     

    dilma_rousseff_517Definitivamente a presidente Dilma Rousseff sofre de autismo político, pois é descomunal a sua desconexão em relação à realidade.

    O Brasil foi enganado de forma acintosa durante a corrida presidencial de 2014, mas a petista pede mais tempo para entregar o que prometeu.

    Em entrevista ao jornal alemão Handelsblatt, publicada nesta sexta-feira (21), Dilma afirmou que a recessão que chacoalha o País deve durar de “seis a no máximo doze meses”.

    A presidente, que insiste em acreditar que os graves problemas brasileiros podem ser resolvidos com um passe de mágica, reconhece que o dia seguinte posterior será difícil e que “ninguém vai passar sem ajustes dolorosos”, mas não abre mão do discurso de que o momento atual é de “travessia”.

    “Em nove meses desde a eleição, nós não conseguimos implementar o que prometemos para o segundo mandato. Eu digo: nos dê mais tempo e então nós poderemos alcançar as expectativas”, disse Dilma ao Handelsblatt.

    Diante de um cenário econômico que só piora, na mesma proporção que crescem as mentiras oficiais, Dilma admite que a redução da pobreza no Brasil terá ritmo mais lento.

    “Nós não vamos progredir tão rápido como na década passada.”

    Perguntada sobre eventual preocupação do governo em relação à iminente elevação das taxas de juro nos Estados Unidos, a petista afirmou que o Federal Reserve (Banco Central americano) fará o movimento “com cautela e no ritmo certo, de modo a não incentivar a instabilidade”.

    Dilma pode dizer o que quiser, até porque o Brasil ainda é uma democracia, que garante a livre manifestação do pensamento, mas falar em redução da pobreza e pedir mais tempo para o cumprimento de promessas de campanha é sandice em dose dupla.

    Durante a corrida eleitoral do ano passado, Dilma, ciente do risco de uma derrota nas urnas, vendeu à parcela incauta do eleitorado a ideia de que o Brasil é uma versão moderna e tropical do País de Alice, aquele das maravilhas.

    Contudo, a realidade patrocinada pelos governos do PT é de um cenário luciferiano.

    Enquanto fala em “travessia” e retomada do crescimento, a presidente da República foge da verdade e não assume que errou durante os quatro anos do primeiro mandato.

    De nada adianta filosofar sobre a crise que derrete o Brasil e tira o sono dos brasileiros, se Dilma não assumir o erro.

    Algo que dificilmente acontecerá, pois a vaidade truculenta da presidente impede gestos de grandeza como esse.

    No que se refere a prazo maior para entregar as promessas feitas na campanha, Dilma sabe que prometeu o que é impossível de ser cumprido.

    Até porque, a petista disse, em alto e bom som, durante a disputa eleitoral, que a inflação estava próxima de zero.

    Esse patamar do mais temido fantasma da economia não será alcançado nem mesmo se Deus provar que é brasileiro e realizar um milagre fora do script.

    Dilma mente de maneira incorrigível, ao mesmo tempo em que a população ignora seu comportamento esquizofrênico e mitômano.

    Enfim, como disse certa feita um conhecido e bravateiro comunista de boteco, “nunca antes na história deste país”



    Publicado por jagostinho @ 16:41



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.