Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 06maio

    UCHO.INFO

    Chioro irá ao Senado explicar fraude no “Mais Médicos” e não uso de verba de prevenção da dengue

     

    arthur_chioro_07Escolhido pela presidente Dilma Rousseff para comandar o Ministério da Saúde, em substituição a Alexandre Padilha, o petista Arthur Chioro ainda continua devendo.

    Se com Padilha a situação da saúde pública nacional não era das melhores, com Chioro o cenário piorou sobremaneira.

    Depois de tentar desqualificar os parâmetros da Organização Mundial de Saúde (OMS) para definir epidemia de dengue, Arthur Chioro terá de explicar aos senadores as barbeiragens de sua gestão à frente da pasta.

    Líder do Democratas no Senado Federal, Ronaldo Caiado (GO) conseguiu aprovar, nesta terça-feira (5), requerimentos na Comissão de Fiscalização e Controle para que Chioro (Saúde) vá ao parlamento explicar denúncias que envolvem seu ministério.

    Na pauta estão a fraude para omitir detalhes da vinda ao Brasil de agentes cubanos pelo programa “Mais Médicos”, que ainda suscita dúvidas das mais diversas, e o não uso de uma verba de R$ 13,7 milhões do programa de Coordenação Nacional da Vigilância, Prevenção e Controle da Dengue para 2015.

    “Que o ministro traga aqui sua explicação sobre o motivo de não ter usado um centavo de uma verba de mais de R$ 13 milhões para atuar justamente na prevenção e controle de focos do mosquito da dengue no país”.

    “É isso que ele precisa vir a público explicar em vez de ficar negando a Organização Mundial da Saúde sobre a epidemia que estamos vivendo”, defendeu Caiado.

    O senador goiano refere-se ao registro no Sistema Integrado de Planejamento e Orçamento (Siop) que revela que até agora nada foi liquidado de uma verba destinada para a Coordenação Nacional da Vigilância, Prevenção e Controle da Dengue.

     

    Mais Médicos

    No requerimento original, Ronaldo Caiado baseou-se na denúncia feita pela TV Bandeirantes, que divulgou áudio de uma reunião entre representantes do ministério e uma representante da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) em que tentavam achar a melhor forma de esconder o objetivo do “Mais Médicos”, que é financiar o regime cubano e a vinda de agentes estrangeiros disfarçados de médicos do programa.

    Publicado por jagostinho @ 17:44



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.