Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 18dez

    GLOBO ESPORTE – Ana Helena Goebel – Curitiba

    Voltar a ter um craque como Alex vestindo a camisa do Coritiba é um dos planos da nova diretoria do Coritiba.

    Mas o caminho escolhido é o mais longo, conforme o presidente eleito Rogério Bacellar, que assume o clube sabendo das dificuldades financeiras e afastando a possibilidade de grandes contratações para 2015.

    Bacellar quer ver uma nova promessa surgir das categorias de base do clube.

    Em entrevista ao GloboEsporte.com, o novo presidente alviverde deixou claro que a diretoria deve apostar na reformulação, investimento e melhoria da base do clube.

    A promessa de campanha atende uma das maiores cobranças do próprio Alex, quando assumiu o apoio à chapa oposicionista.

    Uma das alternativas é uma reengenharia financeira e que pode afetar o time principal.

    – Vamos diminuir os salários do profissional e repassar essa verba para a base. O futuro de todo o clube profissional é ter uma base forte, disse sem descartar também demissões de funcionários no clube.

    Os cortes de salários e de jogadores, assim como as renovações e contratações, passarão pelas mãos de três profissionais do clube: vice-presidente de futebol, Ernesto Pedroso, superintendente de futebol, João Paulo Medina e o gerente de futebol, Maurício Cardoso.

    Entre eles, a regra é controle financeiro. O técnico Marquinhos Santos, que deve ser anunciado nesta sexta-feira, também faz parte do grupo que avalia os jogadores.

    Apesar de investir na ideia de “pés no chão”, a nova diretoria do Coritiba começa com o objetivo definido e quer o título de campeão paranaense.

    Para isso, a filosofia de usar apenas jogadores da base deve mudar e evitar a repetição da péssima campanha deste ano, quando, aos trancos e barrancos, o time chegou à semifinal e foi desclassificado pelo Maringá.

    – Nosso grande objetivo é começar o ano campeão paranaense – finalizou. 

    rogério bacellar presidente coritiba (Foto: Reprodução/RPC)
    Rogério Bacellar acredita que elenco está inchado e quer reformulação e redução (Foto: Reprodução/RPC)

    Confira todos os temas abordados com o novo presidente do Coritiba:

    GloboEsporte.com: Haverá reformulação no elenco do Coritiba?

    >>>   Bacellar:  Temos um elenco hoje de quase 80 jogadores. É muita coisa. Conversei com vários profissionais pelo Brasil e eles me disseram que o ideal seria entre 33 e 36.

    Mais do que isso confunde até a cabeça do técnico. O grupo precisa ser coeso, unido e concentrado nos seus objetivos. A gente não tem condições de formar um time de craques, mas temos totais condições de formar uma equipe competitiva e com amor a camisa do Coritiba. 

    Existe uma equipe Sub-23 com jogadores que não foram aproveitados e estão sem disputar nenhuma competição. O que irá acontecer com esses jogadores?

    >>>   Essa equipe B ou sub-23, como queiram, será reavaliada pelo Professor Medina (superintendente de futebol), o Pedroso (vice-presidente de futebol) e o treinador. Os que tiverem utilidade serão aproveitados, e os outros serão emprestados para outros clubes.

    E o novo projeto para as categorias de base?

    >>>   O Coritiba não vai ter mais uma categoria de base e sim uma escola de formação de atletas. Nós precisamos dar uma estrutura ao nossos jogadores como a do Santos, Internacional e São Paulo.

    O atleta entra com 12, 13 anos e precisa estudar. Ele tem que ser alguém na vida. Além de um atleta profissional, ele precisa ser um homem de verdade.

    E para isso precisamos acompanhar os estudos dos meninos para ele chegar no profissional com um caráter formado e com espírito de vencedor.

    Será realizado mais investimento na base? Como?

    >>>   Segundo me consta, até o momento, (o investimento) é muito pequeno. Vamos diminuir os salários do profissional e repassar essa verba para a base.

    Só com os salários de alguns jogadores que estão emprestados e que ainda pagamos, poderíamos ter feito o Setor Pro Tork com nosso dinheiro.

    Imagina se repassássemos esse valor para a base? E é o que será feito. Porque o futuro de todo o clube profissional é ter uma base forte.

    Pode acontecer demissões no corpo de funcionários do clube?

    >>>   Vamos avaliar cada funcionário. Faremos mudanças, mas com responsabilidade. Quem sempre trabalhou direitinho, não precisa se preocupar. Agora quem está fazendo número, eu não vou aceitar.

    Como estão as finanças do clube?

    >>>   Temos que avaliar como está o patrocínio da Caixa Econômica e se ele vai ser renovado ou não. Temos que verificar as ações trabalhistas, quais são as prioridades de pagamento ou acordo, dentro é claro, do orçamento do clube.

    Quem será o substituto de Alex?

    >>>   O substituto do Alex, por enquanto, será a torcida. Graças a nossa torcida que ficamos na primeiro divisão neste ano. O Alex foi fundamental, o Marquinhos também, mas a nossa torcida incentiva demais e é o nosso maior patrimônio. 

    O Coritiba saiu do Paranaense em 2014 na semifinal. O estadual é prioridade?

    >>>   Nosso grande objetivo é começar o ano campeão paranaense. Por isso acredito que não vamos disputar o campeonato inteiro com um time sub-23, mas com uma equipe mesclada, para que a gente possa sentir quem da base pode ser aproveitado e ao mesmo tempo ter um time competitivo para buscar o título – finalizou.  

    Qual será o objetivo do Coritiba no Campeonato Brasileiro de 2015?

    >>>   Ficar entre os primeiros, com vaga para Libertadores. Não vamos mais brigar contra o rebaixamento. Chega de sofrimento. 

    Existe um plano para o Alex no Coritiba?

    >>>   Quando eu aceitei ser candidato, eu liguei para ele e ele disse que queria descansar. Mas é claro que aqui sempre terá um lugar para ele.

    Ele é uma pessoa que se encaixa totalmente no perfil da nossa administração e tem condições de exercer qualquer cargo no Coritiba.

    Muito se falou em uma nova despedida para o Alex. O quadrangular entre Coritiba, Fenerbahçe, Cruzeiro e Palmeiras vai acontecer?

    >>>   Essa é a nossa vontade. A partir de segunda-feira, vamos tentar conversar com o pessoal do Fenerbahçe, Cruzeiro e Palmeiras para verificar a disponibilidade de datas.

    E nessa época de pré-temporada pode haver uma disponibilidade maior de datas por parte dos times brasileiros. Precisamos ver o Fener.

    Mas a ideia é trazer todos esses clubes sem custo para o Coritiba, pois não temos condições de gastar com isso agora.

    Vamos buscar parcerias e investidores para organizar a festa que o Alex merece. 

    Está nos planos uma revitalização do Couto Pereira?

    >>>   Vamos fazer o investimento necessário para melhorar o Couto, porque é a nossa casa e precisa dar mais conforto ao nosso torcedor.

    O presidente da Pro Tork quer conversar comigo sobre os investimentos no estádio e vamos analisar o que for bom para o Coritiba.

    Mas não podemos ser reféns de empresários e investidores. 

    O CT de Campina Grande será construído?

    >>>   Inicialmente vamos melhorar o CT da Graciosa, como a sala de musculação, alojamentos e refeitório.

    Precisamos dar uma condição mínima para esses atletas. E depois vamos verificar o que pode ser feito no CT de Campina Grande para termos uma estrutura bem melhor.

    Mas a prioridade antes de qualquer coisa é o futebol. 



    Publicado por jagostinho @ 10:26



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.