Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 01dez

    MARIA LUIZA IUBEL, ESPECIAL PARA A GAZETA DO POVO

    Foto:- Denilton Dias/ O Tempo/ Folhapress
    Denilton Dias/ O Tempo/ Folhapress / Carlinhos comemora o gol que abriu o placar no Horto.
    Carlinhos comemora o gol que abriu o placar no Horto.

    Coritiba vence o Galo no Horto e se livra do rebaixamento

    Carlinhos e Leandro Almeida fizeram os gols do triunfo que salvou o Coxa da Série B e garantiu uma despedida festiva a Alex

    O Coritiba jogará a Série A do Campeonato Brasileiro em 2015.

    No temível Horto, diante do campeão da Copa do Brasil, o Coxa derrotou o Atlético-MG por 2 a 1, neste domingo (30), pela penúltima rodada.

    O resultado leva o time paranaense aos 44 pontos, seis a mais que o Vitória, primeiro time da zona de rebaixamento.

    Os gols da salvação coxa-branca foram marcados por Carlinhos, de cabeça e em posição irregular, aos 5 minutos, e Leandro Almeida, em um dos poucos contra-ataques na segunda etapa. Rafael Carioca descontou para os mineiros.

    Foi a primeira vitória de Marquinhos Santos fora de casa no Brasileiro-2014. A segunda do Coritiba.

    Também foi a garantia de um festivo jogo 300 do goleiro Vanderlei pelo clube e de uma mais festiva despedida de Alex.

    O meia encerra a carreira contra o Bahia, domingo (7), no Couto Pereira. O aperitivo foi dado neste domingo, com a assistência para o gol de Leandro Almeida.

    Sabendo da importância do confronto, o técnico do Coxa apostou em um esquema com três zagueiros para barrar o time mineiro.

    Sem poder contar com Zé Love no ataque, o meia Alex foi escalado para atuar ao lado do atacante Joel, mas no primeiro tempo o time foi fortemente pressionado pelo Galo e precisou fechar-se na defesa para evitar o gol mineiro.

    No segundo tempo o Coxa precisou se reorganizar após as lesões do zagueiro Bonfim e do volante Helder, mas continuou a se defender com qualidade e evitar as finalizações dos atacantes do Galo na partida.

    O jogo

    Cinco minutos. Foi o que precisou o Coritiba para abrir o placar no Independência, quando Carlinhos (em posição de impedimento) aproveitou o cruzamento do meia Dudu e, sem marcação, cabeceou para os fundos da rede.

    Mas quem achou que o time de Marquinhos Santos iria se impor na partida, se enganou: os mineiros aproveitaram os espaços deixados na marcação e cresceram na partida, explorando – principalmente – o lado do zagueiro Luccas Claro.

    Na pressão o Galo empatou a partida aos 28 com o volante Rafael Carioca, mas o juiz anulou o lance, já que o passe do atacante Carlos partiu de fora do campo.

    O domínio mineiro continuou e o Coxa se viu obrigado a voltar todo o time para o campo de defesa, pouco produzindo ofensivamente na primeira etapa.

    “Temos de ter mais posse de bola para chegar mais ao ataque e concluir mais vezes”, comentou Dudu.

    Sem poder contar com Bonfim, lesionado, Marquinhos Santos reorganizou a equipe em um esquema com dois zagueiros e Sergio Manoel como primeiro volante, mas os mineiros continuaram a explorar os espaços na marcação e chegaram na área com facilidade.

    Tanto que aos 15 Vanderlei precisou espalmar a bola forte do meia Maicosuel de fora da área para evitar o gol do Galo.

    A primeira chance de gol do Coxa aconteceu apenas aos 33 quando Alex cobrou falta e o zagueiro Leandro Almeida finalizou ao gol, com a bola passando por cima do travessão e assustando o goleiro Victor.

    Sem conseguir marcar, o time mineiro perdeu o fôlego e time de Marquinhos Santos aproveitou para atacar, chegando ao segundo gol aos 40 quando Leandro Almeida avançou em velocidade e chutou por baixo de Victor.

    Com a partida encaminhada, o Alviverde ainda viu os mineiros descontarem com o lateral Pedro Botelho, que – sem marcação – aproveitou a bola cruzada por Marcos Rocha.

    Os minutos finais voltaram a ser de pressão do Galo, mas quando o juiz apitou o fim da partida a festa foi do Coritiba, que permanece na Série A em 2015.



    Publicado por jagostinho @ 00:05



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.