Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 07fev

    Assessoria de Imprensa: Gabriela Siqueira 

    varalPara garantir a proteção dos recursos naturais durante o forte calor deste verão, a Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos traz algumas dicas de como aproveitar a estação de forma saudável e sustentável.

    Trocar a mangueira pelo balde, fechar a torneira ao escovar os dentes e consertar os vazamentos são algumas dicas simples de como economizar água.

    “São cuidados que devem ser praticados sempre, independentemente da época do ano, já que a água é um recurso natural finito e precisamos dela para hoje e para sempre”, alerta o secretário Luiz Eduardo Cheida.

    Outra sugestão é reutilizar a água da máquina de lavar, que ainda pode ser usada para lavar carros e calçadas. Quando for lavar as calçadas, dê uma varrida antes, pois isso faz com que se utilize menos água.

    Para lavar o carro, também não é necessário gastar muita água. Prefira o balde à mangueira. Além disso, com os dias de verão quentes e secos, o carro acaba ficando com mais poeira, portanto pode-se esperar um tempo maior entre uma lavagem e outra.

    Outro aspecto para o qual se deve ter atenção máxima neste tempo seco são as queimadas. Segundo o Corpo de Bombeiros, nos primeiros 36 dias deste ano foram 105 ocorrências de queimadas.

    Para que elas não aconteçam, evite queimar lixo e folhas, fazer a limpeza de terrenos fogo e utilizar a roçada. É importante também denunciar as queimadas aos Bombeiros.

    ELETRODOMÉSTICOS – A primeira dica é sobre o uso correto do ar-condicionado, um grande aliado nos dias de calor intenso.

    É importante lembrar que o aparelho deve estar sempre com os filtros limpos, para funcionar bem e não prejudicar a saúde.

    No ambiente de trabalho, ele deve ser desligado uma hora antes do final do expediente. Em dias menos quentes, a melhor opção é o ventilador, pois é suficiente para refrescar o ambiente e não gastar tanta energia quanto o ar-condicionado.

    Estas e outras dicas estão na cartilha EcoDicas Paraná, um encarte virtual disponibilizado no site da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

    O coordenador de Mudanças Climáticas da Secretaria da Meio Ambiente, Carlos Renato Garcez, explica que o material de educação ambiental é mais uma contribuição para orientar as pessoas e multiplicar iniciativas para a proteção do meio ambiente e melhoria da qualidade de vida. 

    “Podemos reduzir a nossa pegada de carbono com simples mudanças de hábito. São pequenas atenções na rotina que podem amenizar os impactos das mudanças climáticas, que influenciam diretamente nos ecossistemas, na agricultura, na pecuária e em outros setores”.

    Ele reforça que as ações individuais ajudam a reduzir a emissão de gases poluentes: “Os problemas globais nada mais são que a soma dos problemas locais. Toda e qualquer iniciativa é válida”.

    Outra sugestão para economizar energia é aproveitar o tempo quente e seco para deixar as roupas secarem no varal em vez de utilizar a secadora de roupas.

    “Pesquisas mostram que ao trocar a secadora pelo varal durante metade do ano, você economiza mais de 317 quilos de gás carbônico”, demonstra Garcez.

    Quando usar a máquina de lavar, retire as roupas assim que estiverem limpas. A roupa esquecida na máquina amassa mais, o que acaba exigindo muito mais trabalho, tempo e energia na hora de passar.

    Nestes dias de muito calor um banho frio pode fazer muito bem à saúde e ainda economizar energia. Não esqueça de tomar um banho não muito demorado para preservar também a água.

    O coordenador de educação ambiental da Secretaria do Meio Ambiente, Paulo Roberto Castella, lembra que o chuveiro elétrico é um dos aparelhos que mais gastam energia em casa.

    “Não se deve esquecer de colocar a chave seletora na posição verão, o que gera uma grande economia nesta época. Também é importante limpar os orifícios de saída da água”.

    Se for comprar eletrodomésticos, escolha os mais eficientes e de baixo consumo energético. 

    A geladeira costuma ter sua potência elevada para compensar o aumento de temperatura. Para se economizar energia, as dicas são evitar abrir a porta várias vezes, aproveitando para tirar ou colocar todos os alimentos de uma só vez.

    Também é necessário que se mantenha a parte de traz limpa, sem utilizá-la para secar roupas. Além disso, a borracha da porta deve estar aderente, fazendo com que a geladeira feche corretamente.

    Segundo a Copel, o chuveiro elétrico, a geladeira e a iluminação da casa representam 75% do consumo de energia e são os principais vilões na hora de pagar a conta de luz. 

    AQUECIMENTO GLOBAL – Algumas projeções apontam um ritmo de aquecimento entre 0,1 graus Celsius e 0,2 graus Celsius por década para os próximos anos.

    Observações realizadas nos últimos 150 anos afirmam que o processo de mudanças climáticas – ciclos naturais alternados de aquecimento e resfriamento do planeta – está sendo acelerado por atividades humanas. 

    O aumento das temperaturas também provoca a alteração de alguns biomas, o que faz com que algumas doenças como dengue, malária, febre amarela e leptospirose se manifestem. 

    Para conferir a cartilha EcoDicas completa acesse:http://www.meioambiente.pr.gov.br/arquivos/File/ecodicas.pdf 

    Publicado por jagostinho @ 18:53



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.