Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 30jan

    MAZZADA COLUNA DE LUIZ GERALDO MAZZA/FOLHA WEB

    Transparência

    Essa criação do novo Centro Cívico da capital não passou por uma discussão com a sociedade: o argumento de que haverá economia de alugueres é a mesma que levou a deformação dos edifícios do TJ, TC, Assembleia e respectivos anexos.

    A burocracia não segue uma visão webberiana, racional, mas a de criar espaços infinitos para acolher aspones e bagrinhos, conforme a cupidez dos políticos, cuja imaginação começa e termina aí.

    Gustavo Fruet fala muito em transparência repetindo o discurso da fauna: quanto mais falam, mais ocultam. 

    Mais comissão

    Estão querendo botar o metrô num torniquete: agora o TC anuncia comissão de onze técnicos para avaliar a obra desde o edital.

    Se olharem a Linha Verde, a reforma da Rodoferroviária e do Terminal de Santa Cândida, mais o novelesco processo de desalinhamento das estações-tubo saberão das dificuldades que colocam em questão a eficiência da nossa engenharia.

    No Juvevê o asfalto já foi refeito quatro vezes pelo desconhecimento de que ali passa um rio. 

    Chacina

    Geografia da violência muda: após a morte da professora, tivemos ontem a chacina de quatro pessoas no Atuba. A população está aterrorizada. 

    Folclore

    Mário Celso Cunha, secretário estadual da Copa, ao saber que prefeitura e governo não botam mais um centavo nas obras, viajou ao Rio e Brasília para ver outras fontes de recursos.

    Pouco antes de assumir o posto, teve aquele ato falho de dizer que o normal é tocar as coisas e depois o governo pagar.

    Quem diz a verdade, como ensinavam as vovós, não merece castigo. 

    Acumulando energia
    As mais recentes manifestações contra a Copa, na verdade um pretexto como foi o das tarifas de ônibus, devem acumular energia para demonstrações ainda mais vigorosas na época dos jogos.

    Na Copa das Confederações houve várias tentativas de invadir estádios. Governo, que não gosta de condenar abusos, para posar de identificado com ações sociais, diz que vai apenas observar.

    Como faz, aliás, com todos os problemas nacionais.

    Publicado por jagostinho @ 13:17



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.