Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 08jan

    PARANÁ TV /RPC

    Parentes de mortos que estão em cemitérios de Curitiba têm reclamado do estado de conservação dos estabelecimentos.

    No Cemitério Municipal do Água Verde, por exemplo, o mato cresceu e tomou conta dos canteiros e das ruas internas. Além disso, há lixo, vasos espalhados e velas queimadas.

    O problema ocorre também no Cemitério Municipal Santa Cândida, onde o mato chega a esconder alguns túmulos.

    O problema chama a atenção de muitos frequentadores. “Quando a gente chegou, eu não acreditei no que vi. O estado é de abandono total”, relata Helly Leminski, que foi limpar o túmulo do filho, morto há dois anos.

    De acordo com a prefeitura, os dois cemitérios receberão um mutirão de limpeza nos próximos dias. No cemitério do Água Verde os trabalhos começam na quinta-feira (9). Já no Santa Cândida, na próxima segunda-feira (13).

    Além disso, a prefeitura informa que foi aberto na segunda-feira (6) o processo para contratação da empresa que será responsável pelos serviços de manutenção.

    Por meio de licitação, a Tec Press Representações Técnicas já está contratada, pois foi a única empresa que se candidatou. A previsão é que a Tec Press comece a trabalhar ainda em janeiro.

    Ainda segundo a prefeitura, a manutenção dos cemitérios tem sido feita por equipes próprias da Secretaria do Meio Ambiente.

    Curitiba tem ao todo quatro cemitérios Municipais. Além dos dois já citados, o cemitério do Boqueirão e o São Francisco de Paula, que também serão atendidos pela empresa que será contratada por meio de licitação.

    ******

    Deste assunto entendo muito bem. Afinal, quando Diretor da Limpeza Pública de Curitiba (1983 – 1988) o setor de cemitérios e funerárias estava na minha Diretoria.

    Sempre achei que cemitérios e funerárias nada tinham a ver com Limpeza Pública e pela importância que representavam sugeri, na época, que a divisão de cemitérios e funerárias passassem a ter status de Diretoria.

    Com a colaboração do então meu chefe, o Secretário do Meio Ambiente, já falecido, Elias Abrahão e a anuência do Prefeito da época, o hoje Senador Roberto Requião, criamos a Diretoria de Serviços Especiais que existe até hoje.

    Sua finalidade intrínseca sempre foi ater-se aos assuntos das funerárias ( não sei quantas existem hoje) e dos quatro cemitérios municipais, lembrando que os cemitérios paroquiais e particulares estavam, também, sujeitos à fiscalização desta Diretoria.

    Havia funcionários da prefeitura, em cada cemitério municipal, encarregados exclusivamente da limpeza, durante o ano todo.

    Confesso que ao ver estas imagens pela televisão fiquei chocado. Uma vergonha !

    Quem lembra, sabe que no meu tempo os cemitérios eram modelos de limpeza e conservação para todo o Brasil.

    Nem criatividade o pessoal do Fruet tem.

    Pois, usam o mesmo caminho de outras administrações, seja de que partido for, para terceirizar: primeiro sucateia para depois contratar empresa para fazer o serviço.

    Uma licitação… uma empresa só concorrendo… (estranho, não?)

    Mas, tudo nos conformes né, Mac Donald ?

    Me engana que eu gosto !!!!

    Publicado por jagostinho @ 12:28



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.