Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 27out

    GAZETA DO POVO

    Foto:- Daniel Castellano/Gazeta do Povo

    ­Daniel Castellano/Gazeta do Povo / Reconstru­ção da ponte sobre o Rio Sagrado, na BR-277, em Morretes, deixa o tráfego em meia pista: concessio­nária promete entregar a obra até 10 de dezembro
    Reconstrução da ponte sobre o Rio Sagrado, na BR-277, em Morretes, deixa o tráfego em meia pista: concessio­nária promete entregar a obra até 10 de dezembro

     

    Temporada vai, temporada vem, e o motorista que pega a estrada no verão já sabe o que esperar: movimento intenso e obras nas rodovias. A sina do veranista parece não ter solução.

    Todos os anos, ela exige uma dose extra de paciência na bagagem para enfrentar os congestionamentos.

    A Gazeta do Povo fez um levantamento com as concessionárias responsáveis pelas estradas que cortam o estado para saber quantas intervenções estão em andamento.

    O resultado é que todas realizam obras que interferem de alguma maneira no tráfego. Apenas uma vai suspender os trabalhos na alta temporada.

    Quem partir rumo aos litorais do Paraná e de Santa Catarina vai sofrer mais até meados de dezembro.

    Algumas obras serão paralisadas ou encerradas antes do pico da temporada, mas até lá haverá lentidão, principalmente nos feriados do mês que vem (Finados e Proclamação da República).

    Na BR-277, que leva às praias paranaenses, há uma obra em execução e outra que nem começou ainda.

    A reconstrução da ponte sobre o Rio Sagrado caminha a passos lentos e o tráfego está em meia pista.

    A previsão de término é 10 de dezembro e a concessionária Ecovia se compromete a fazer operações especiais nos finais de semana, em horários de movimentação intensa.

    Outra obra, o Viaduto de Morretes, está para começar até o final do mês, mas quando a reportagem percorreu a rodovia, na última quarta-feira, não havia nenhum sinal de que haveria obra no local.

    Segundo a concessionária, haverá um desvio com pista dupla e o tráfego não terá restrição. Na prática, porém, não há como saber se o motorista penará com a lentidão ou não.

    Afunilamento

    Já para as praias catarinenses, uma série de obras em pontes ocorre na BR-376 – só na região de Guaratuba são quatro. Em todos esses casos, há afunilamento do tráfego, pois uma pista está bloqueada.

    Para evitar problemas na temporada, a concessionária Autopista Litoral Sul informa que, a partir de 15 de dezembro, não realizará obras que bloqueiem a pista. Resta saber se essas intervenções ficarão prontas até lá.

    Rumo ao interior do Para­ná, mais paciência. Em uma das principais rodovias, a BR-277, há obras de restauração do pavimento que exigem parada ou tráfego parcial – e elas só serão encerradas no ano que vem.

    Quem vai para São Paulo também já sente o gosto – meio amargo – do trânsito da capital paulista na BR-116. São 12 pontos de obras de recuperação em pontes com interdição de pelo menos uma faixa.

    No Norte do estado, a duplicação da PR-445, na região de Londrina, também afeta o trânsito. Dividida em três lotes, a previsão de término é só para setembro de 2014.

    Já a duplicação da PR-323, entre Maringá e Paiçandu (Região Noroeste), deve ser concluída apenas em março do ano que vem.

     


     Serviço

    Dicas para não se irritar quando sair de viagem pela estrada:

    • Programe o passeio e saia de casa com antecedência. Viagem com hora marcada para chegar só causa ansiedade e excesso de velocidade.

    • Faça uma revisão no veículo. Acidentes e panes causados por defeitos mecânicos também são responsáveis por congestionamentos na estrada.

    • Quem tem criança deve se lembrar de levar lanches e brinquedos para distraí-la. Assim, ela não percebe o tempo passar e a viagem fica mais prazerosa.

    • Mantenha a calma. Buzinar sem necessidade, andar pelo acostamento ou dar sinal de luz para outro veículo em um engarrafamento é, no mínimo, falta de educação.

    • Respeite o limite de velocidade e a sinalização de trânsito.

     

     

    Publicado por jagostinho @ 09:32



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.