Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 19maio

    GAZETA DO POVO/ANGELI MAROS

    silvio_tarso-216x260O jornalista e cronista esportivo Silvio de Tarso, de 61 anos, faleceu por volta das 22 horas desta sexta-feira (18) em Curitiba.

    Tarso estava internado desde o começo da semana na UTI do Hospital Pilar, na capital, e morreu vítima de insuficiência respiratória.

    De acordo com informações do hospital, o jornalista deu entrada na instituição com dificuldade respiratória.

    Após consulta, os médicos diagnosticaram pneumonia e encaminharam Tarso – que já sofria de uma doença autoimune pulmonar à Unidade de Terapia Intensiva do hospital.

    Mesmo com os tratamentos, o jornalista não resistiu.

    Silvio de Tarso apresentava os programas “Conversa Afinada” na 97,1 e-Paraná e “Silvio de Tarso entrevista” na AM 630, além de um programa na rádio Evangelizar.

    Ele também era comentarista do programa e-Esporte na TV e-Paraná.

    O sepultamento de Tarso ocorreu às 16 horas deste sábado (18), no cemitério Jardim da Saudade, em Curitiba.

    DEPOIMENTO:-  Perdemos Silvio de Tarso e com certeza será uma lacuna imensa, difícil de ser preenchida. Afinal, sua cultura, seu preparo e, principalmente sua paixão pelo rádio, jamais serão esquecidos.

    Tive o privilégio de trabalhar com ele. Não tenho nenhum melindre em dizer que aprendi muito com aquele que, carinhosamente, chamávamos de grilo falante.

    Sempre de bom humor, sabia nos debates dos assuntos mais diferentes, pois o ecletismo era sua marca registrada, o seu momento de interferir e sempre preciso e consistente.

    Dava gosto ouvir Silvio de Tarso. Culto e atualizado, discorria num português perfeito e bem articulado, entendido pelos intelectuais e os mais humildes ouvintes.

    Nos deixou muito cedo. Mas, ficarão seus exemplos de dignidade e caráter. Nunca abriu mão do seu direito de expressar o que era sua opinião.

    Honrou nossa profissão. E como figura humana, esta ultrapassou , e muito, o lado profissional. Vida pessoal e familiar irretocável e amigo dos amigos. 

    Sei da dor dos familiares e presto aqui minha solidariedade nesta tragédia de sua morte prematura.

    Adeus, Silvio, sangue bom !  Você faz parte, em lugar de honra, na história do rádio paranaense.



    Publicado por jagostinho @ 09:34



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Uma resposta

WP_Cloudy
  • Fernando Correa Martins Disse:

    Bom dia, seu Jota.

    Sinto muito pela perda do Sílvio de Tarso. A imprensa esportiva do PR perde e muito. Gostava dos comentários dele e sempre tive a impressão que ele era Coxa (time horroroso, deuzolivre, vamos sofrer demais este ano).

    Abs e SAV

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.