Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 02maio

    CARLOS CHAGAS 2ARTIGO DE CARLOS CHAGAS

    Com todo o respeito e guardadas as proporções, há quem estabeleça um paralelo entre o Lula e Stalin, ainda que também registradas  certas diferenças.

    Começando por estas, é verdade que na fundação do PT o Lula já era o Lenin, ou seja, sua trajetória não foi como a de Stalin, que começou nos quadros intermediários do Partido Bolchevique, subordinado ao  líder maior, até galgar o posto máximo de csar de todas as Rússias.   Aqui, o  chefe inconteste sempre foi o Lula.

    No entanto o paralelo é perfeito  quando se atenta para a estratégia de Stalin de ir gradativamente se livrando dos Velhos Bolcheviques.  

    Mesmo falando em renovação, não em depuração nem expurgo,  revela-se há tempos  um Lula obstinado em  afastar quantos estiveram com ele na fundação do PT ou que  logo depois se destacaram.  

    Claro que os métodos são outros. Não existem fuzilamentos,  mas o resultado é igual.

    Basta notar que os líderes sindicalistas de 1980 sumiram, substituídos  na CUT por marionetes sem iniciativa própria. Mais ou menos como a degola feita no Exército Vermelho, tomando-se como evidente exercer  a central sindical o mesmo papel que as forças armadas soviéticas exerciam  naqueles idos.

    A CUT lembra o braço armado do regime soviético, mas está sem generais, exatamente como a URSS ao ser invadida pela Alemanha de Hitler. 

    Vale à pena citar alguns  políticos de expressão nos primórdios do PT que foram mandados embora ou tomaram a iniciativa de sair.

    Apesar do risco de esquecer montes deles. Sem falar nos intelectuais que pularam fora ou se viram  defenestrados.

    Mas o que dizer de Marina Silva, Heloísa Helena, Plínio de Arruda Sampaio, Airton Soares, Bete  Mendes, Cristóvan Buarque e tantos mais?

    Sem esquecer os que parecem próximos de tornar-se hóspedes da Lubianka, como Eduardo Suplicy, Paulo Pain, Humberto Costa, Lindbergh Farias, Wellington Dias, Arlindo Chinaglia e outros.

    Ainda agora parecem estar em andamento os Processos de Moscou, valendo não resistir à tentação de comparar Aloísio Mercadante e Marta Suplicy a Kamevev e Zinoviev.

    Ano passado, nas eleições para a prefeitura de São Paulo,  Fernando Haddad foi tirado do nada para que  os atuais dois ministros não botassem  o pescoço de fora.

    Agora, nas preliminares para a escolha do candidato a governador, Mercadante submete-se a ficar à margem e até reconhece e agradece  a imposição.

    Penitencia-se por ter sido influente. Marta também, aguardando-se o anúncio de algum ungido  submisso aos ucasses do chefe. Parece que vai ser assim nos demais estados, pois a palavra do Lula é renovação. Mas não seria depuração? Expurgo?

    Para reinar absoluto,  o Lula não hesitou em mandar embora  Wladimir Palmeira,  de  forma parecida  como a de que  Stalin mandou embora  Leon Trotski: para  o exílio, ainda bem que sem a picareta de Ramon Mercader. 

    José Genoíno está  para Bukárin tanto  quanto José Dirceu, sempre fieis  mas no fim fuzilados. Haverá um  Béria nessa comparação? 

    Dizem que fisicamente Rui Falcão parece-se com o todo-poderoso chefe da NKVD.   Dilma segue o figurino de Molotov, porque  integra a corte do nosso csar dos trópicos,  engolindo  ordens e  decisões que gostaria de não adotar.

    Para os otimistas, o  guia genial dos povos não perde por esperar. Logo surgirá  um Kruschev,  que não sabemos quem será. 

    Em suma, conclui-se hoje pelo aniquilamento dos últimos vestígios do espírito revolucionário do PT, trocado pela burocracia a serviço de Stalin, perdão,  do Lula, que no Comitê Central ninguém ousa contraditar,  com medo do expurgo ou da  depuração,  melhor corrigindo,  da renovação.

    Enveredar pela História  será oportuno, porque se ela não nos diz o que fazer, sempre apontará o que devemos evitar…

     

    Publicado por jagostinho @ 17:49



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.