Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 16abr

    imprensa.joaoarruda@saninternet.com

    Deputado João Arruda em debate sobre o Marco Civil da Internet no #2ParanáBlogs, de 12 a 14 de abril, em Curitiba Foto: André Rodrigues da Costa

    Deputado João Arruda em debate sobre o Marco Civil da Internet no #2ParanáBlogs
    Foto: André Rodrigues da Costa

    O deputado federal João Arruda (PMDB-PR) participou, no último final de semana, do 2º Encontro de Blogueiros, Redes Sociais e Cultura Digital do Paraná.

    No evento, na sede da Associação dos Professores do Paraná, ele participou na manhã de sábado (13) de um debate sobre o projeto o Marco Civil da Internet (PL 2126/2011), que pretende estabelecer as diretrizes de uso da rede no Brasil.

    João Arruda, que é presidente da Comissão Especial criada para analisar a proposta na Câmara Federal, fez um breve resgaste do andamento do projeto.

    Ele destacou que a CE vem pautando os trabalhos para que a liberdade de expressão e de uso seja garantida a todos os usuários.

    O deputado falou ainda sobre pontos que vem provocando discordância e, consequentemente, emperrando a votação do projeto.

    João Arrua citou o exemplo da neutralidade na rede, conceito que determina tratamento igualitário, em termos de velocidade ou de contratos para fins comerciais das operadoras, a todos os usuários.

    A votação do projeto, segundo João Arruda, não aconteceu ainda devido ao lobby das empresas de comunicação, que não aceitam garantir o tratamento igual aos usuários.

    “A neutralidade é um ponto que nós não abrimos mão é a razão deste imbróglio no Congresso em que muitos casos a empresa tem mais força do que os usuários”, disse.

    Conscientização

    Apesar de ser um tema por vezes técnico, João Arruda defendeu a ajuda e mobilização dos blogueiros e ativistas digitais para que seja promovida uma maior conscientização sobre o Marco Civil da Internet para que prevaleça o interesse público e não o lado apenas comercial das operadoras.

    “Peço a ajuda de todos na mobilização pela aprovação do Marco Civil. Com certeza estaremos ajudando à internet no Brasil. A internet, na minha visão, é como uma praça ou parque, ela não pertence às teles”, frisou o deputado.

    Ao final do #2ParanáBlogs foi aprovada uma resolução em apoio ao Marco Civil da Internet “que garanta princípios como a neutralidade da rede com possibilidade de regulamentação das exceções apenas da presidência da República e a não retirada de conteúdos sem decisão judicial, inclusive das questões relativas ao direito autoral”.

    #2ParanáBlogs

    O II Encontro de Blogueiros, Redes Sociais e Cultura Digital do Paraná reuniu, de 12 a 14 de abril, em Curitiba, aproximadamente 150 blogueiros, ativistas, comunicadores, jornalistas e demais interessados.

    Todos tiveram oportunidade de debater, além do Marco Civil da Internet, temas como a democratização das comunicações e a liberdade de expressão.

    Além de ativistas do Paraná, o evento reuniu participantes de São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Pernambuco e Distrito Federal.

     

    Publicado por jagostinho @ 11:44



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.