Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 01fev

    ELIANEELIANE CANTANHÊDE –  jornalista, colunista da Folha e comentarista do telejornal “Globonews em Pauta

     

    Apesar de não ter feito campanha ostensiva (tinha mais a esconder do que a mostrar?), o senador Renan Calheiros será lançado como fato consumado para ser eleito e empossado na presidência do Senado.

    Mesmo que não houvesse nada ilegal contra Renan, ele deveria desistir dessa aventura que custa caro a ele e ao Senado e custará ainda mais com a posse: se insistir, ele será alvo diário de suspeitas e até de agressões.

    A “denúncia consistente” da Procuradoria-Geral da República ao Supremo, por exemplo, pairará todo o tempo sobre Renan, principalmente enquanto os jornalistas –e, portanto, os cidadãos– não descobrirem qual é exatamente o crime a que se refere. Ontem, a pressão já era enorme.

    Fora do Congresso, nos gramados, manifestantes instalaram 81 kits de limpeza, cada um representando um senador, para protestar contra a volta de Renan à presidência do Senado –de onde ele saiu pelos fundos, há cinco anos, por denúncias.

    Dentro, Renan era jogado ao mar pelo PSB, aliado ao Planalto, e pelo PSDB, que liberou a bancada, enquanto senadores “independentes” se reuniam em torno de Jarbas Vasconcelos e Pedro Simon (ambos PMDB), Pedro Taques (PDT) e Randolfe Rodrigues (PSOL), buscando um candidato único de oposição.

    Renan, porém, continuava franco favorito, num clima em que o senador Romero Jucá tenta se agarrar desesperadamente ao osso da liderança do governo, quatro mensaleiros acumulam o mandato de deputado com condenações no Supremo e Afif Domingos (PSD) espana o terno para cumular a posição de vice-governador do tucano Alckmin com um ministério da petista Dilma.

    Rui Falcão (PT) diz que a imprensa desqualifica a política e isso já levou ao nazismo e ao fascismo.

    Há controvérsias, colega. Quem está detonando a política e o Congresso, remetendo você para momentos históricos tão dramáticos? A imprensa ou os próprios políticos e o Congresso?



    Publicado por jagostinho @ 14:51



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

2 Respostas

WP_Cloudy
  • Жайме Янтас Disse:

    Quando o Renan era Ministro da Justiça do FHC a Eliane Tucanhede nunca falou, vai para casa. Pelo Contrário, aposto que frequentava a casa do Ministro. Frequentava com os demais elementos demotucanos que ela denomina “massa cheirosa”… Vai para casa tucanhede. Tua casa é o panfleto de extrema direita, Falha de São Paulo, não o respeitado Blog do J.

  • Antonio Disse:

    Ainda chamam este país de sério! O que vemos é uma vergonha, onde leis e moral não valem nada, até quando o povo vai suportar, a história nos mostra grandes im périos ruíram tudo tem seu fim. Um abraço.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.